Os impactos gerados pela pandemia na sociedade e na economia ainda estão sendo avaliados pelo mercado. No entanto, o setor de seguros já consegue perceber mudanças nos hábitos de consumo dos clientes. De fato, ainda é cedo para estimar possíveis projeções no segmento de seguros, porém, é necessário que os corretores se preparem desde agora.

Para entender e identificar as necessidades de proteção de cada cliente, será preciso adaptar-se as mudanças desse novo normal. Leonardo de Freitas, diretor da Organização de Vendas do Grupo Bradesco Seguros, preparou cinco estratégias para que os corretores possam alavancar novos negócios online. Confira:

1 – Capacite-se e adquira conhecimento

Por conta do distanciamento social, as pessoas ganharam mais tempo em casa, o que significa aprimorar novas experiências, descobertas e habilidades profissionais. “Organize sua rotina e invista em novas atividades e cursos online, saia da zona de conforto e otimize seu tempo, pois é essencial sempre estar aberto ao conhecimento, além de conhecer e adaptar-se a novos canais digitais. Na companhia, por meio da UniverSeg – Programa de Gestão e Conhecimento, temos investido na capacitação dos corretores, aprimorando o contato desses profissionais com as plataformas online”, destaca o executivo.

2 – Entenda o novo cenário e o setor

O período de isolamento social trouxe à tona um componente valioso para o mercado segurador: a reflexão das pessoas em torno da proteção, estabilidade e planejamento para o futuro. Para Freitas, a pandemia provocou na sociedade uma mudança de comportamento, ampliando a percepção de risco. “A consciência do cliente em relação ao seguro tem passado por mudanças, e com isso temos uma oportunidade para potencializar a oferta de produtos. Para isso, entenda as necessidades do seu cliente, compartilhe dados, use novos argumentos, estabeleça uma relação de confiança e seja assertivo na negociação” completa.

3 – Invista na atuação Multicanal

Tendo em vista que os consumidores estão cada vez mais conectados, o corretor também precisa acompanhar as tendências do mercado e estar presente em diferentes plataformas de atuação. “Invista em ferramentas online que ampliem as chances de interação e negociação com consumidores e potenciais clientes. A partir disso, construa estratégias de vendas para alcançar ainda mais pessoas” destaca o executivo.

4 – Desempenhe o papel de consultor de riscos

O corretor assume cada vez mais um papel de consultor de riscos e tem a função de identificar as necessidades das pessoas para oferecer o produto adequado. Por isso, quanto maior for o conhecimento dos corretores sobre o cliente, maior será a capacidade de ofertar consultoria, alinhado com o momento do consumidor, além de permitir um engajamento efetivo com as estratégias de negócios e uma ampla oferta de proteção.

5 – Seja protagonista: reinvente-se

De fato, o maior desafio hoje é os corretores se preparem adequadamente para a transformação que está ocorrendo em grande velocidade nas relações de consumo. Dessa maneira, faça das plataformas digitais uma poderosa ferramenta para alcançar novos negócios. “A inovação e a tecnologia estarão cada vez mais presentes no seu dia a dia de trabalho. Acompanhe as principais tendências do mercado e implemente essa transformação junto aos seus novos negócios, tornando suas vendas mais ágeis, qualificadas e consultivas. Busque oportunidades, independentemente do momento, desperte o interesse do cliente e mostre a importância da proteção nos diferentes ciclos da vida”, finaliza o executivo.

Leia mais: Coronavírus: quais seguros o corretor pode ofertar durante a pandemia?

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta