A parceria entre a Generali e o Banco BMG na oferta de seguros tem se demonstrado cada vez mais produtiva para ambas as empresas em um ano tão desafiador quanto 2020. Entre os meses de janeiro e março, o produto prestamista da seguradora apresentou uma penetração de 42% na carteira de cartão de crédito consignado do banco. Aumentando, assim, a proposta de valor do produto BMG Card.

Os benefícios do seguro prestamista concedido pela companhia aos clientes do banco oferecem um diferencial durante a crise causada pela covid-19: a cobertura em casos atrelados à doença. Ainda que de acordo com as normas regulatórias os riscos causados pelas pandemias sejam excluídos, a proteção chegará à carteira de clientes do banco com contratos dos seguros. Também é destaque o fato de as apólices contarem com um serviço que garantem medicamentos genéricos grátis, caso eles sejam prescritos em atendimento médico emergencial.

“A parceria é muito importante para a empresa, pois através dela oferecermos aos clientes produtos de seguros de alto valor agregado e custos atrativos, atingindo uma parcela da população neste momento em que há muita procura por esse produto devido à pandemia e a redução da renda de milhões de brasileiros. Os seguros massificados oferecidos pela companhia visam dar tranquilidade e acesso a uma população que precisa de proteção”, afirma Claudia Papa, vice-presidente Comercial & Marketing da seguradora.

A união entre as organizações prevê a venda de seguros massificados em um mercado que conta com um potencial de 50 milhões de clientes, durante 20 anos. Desde 2016, oferecendo seguros prestamistas e seguro de vida, incluindo assistência funeral, assistência de medicamentos e assistência residencial aos seus clientes do BMG. Ao lado do banco, a seguradora emitiu R$62 milhões em prêmios nos três primeiros meses de 2020. Comparando-se com o mesmo trimestre do ano anterior, o valor foi 31,9% maior.

Leia mais: Generali lançará seguro específico para covid-19 voltado para empresas

No fim do ano passado, a companhia adquiriu 30% do BMG Seguros para ampliar sua estratégia de crescimento da filial brasileira.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta