Dados compilados pela Rede Lojacorr Consórcios informam que a empresa fechou o 1º quadrimestre de 2020 com R$ 10,398 milhões de produção no País. A organização, administrada pela BR Consórcios, faz parte da Rede Lojacorr.

A meta anual está prevista em R$ 46,2 milhões, mesmo com a pandemia. Em 2018, a Lojacorr realizou R$ 28.219.587,05 em vendas de consórcio, já em 2019 houve um crescimento de 31% com o total de vendas de R$ 37.035.401,33, encerrando o exercício com mais de 700 cotas vendidas, resultado creditado a 220 corretoras da Rede.

De acordo com Geniomar Pereira, diretor Comercial da empresa, estão sendo feitos esforços diários para minimizar os impactos causados pelo coronavírus. A organização está focada em potencializar os resultados nesse período de crise econômica. “Estamos conseguindo reverter um cenário de queda na produção, investindo em públicos de poupadores, acreditando no perfil de público usuário do sistema de consórcios”.

A ABAC (Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios no Brasil) divulgou que o impacto no sistema foi mais sentido a partir da segunda quinzena de março. O acumulado trimestral em relação a 2019 registrou alta de 9,7%, com evolução de 653,50 mil (jan-mar/2019) para 717,20 mil (jan-mar/2020).

José Roberto Luppi, diretor comercial da BR Consórcios, o sistema de consórcios é um mercado em potencial, inclusive porque em épocas de recessão pode servir como um dinheiro poupado para outro fim que não o de início do consórcio, ou seja, a carta de crédito pode ser usada como dinheiro na mão.

De acordo com o executivo, segundo dados da ABAC existem hoje no Brasil cerca de sete milhões de consorciados, sendo que a população ativa no País gira em torno de 100 milhões de habitantes. Isso quer dizer que apenas 7% da população possui algum tipo de consórcio e, mesmo que a modalidade já exista há 60 anos, a cultura ainda é desconhecida. “Isso ocorre porque o brasileiro continua não poupando e pensando pouco no futuro. A partir do momento em que ele passa a conhecer as vantagens do sistema, passa também a ser um potencial comprador, da mesma forma que o consumidor de seguro”, afirma.

Leia mais: 29 novas corretoras fecharam parceria com a Rede Lojacorr em abril

Normalmente, é preciso ter disciplina para poupar recursos e garantir um futuro melhor. “O consórcio é uma ferramenta como um ‘personal trainer’ de suas finanças, pois força a separação de parte do orçamento para uma poupança, garantindo assim um futuro financeiro mais saudável. Ao final, o consorciado estará de posse do tão sonhado bem. Além disso, no caso de imóveis, poderá proporcionar uma renda extra através da locação do imóvel”, exemplifica Luppi.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta