11/08/2022

FBN Corretora de Seguros monta plano de ação durante pandemia

generali

O isolamento devido à quarentena fez com que a sociedade adaptasse maneiras de subsistência e de conformidade para trabalhar e manter as rotinas profissionais. Houve a necessidade de mudanças no expediente e a FBN Corretora de Seguros além de implantar o trabalho remoto, acelerou uma corrida de adoção das plataformas digitais. Com atuação em seguros patrimoniais para pessoas e empresas, além de benefícios corporativos nos ramos de vida, previdência, saúde e serviços financeiros, a empresa reformulou o atendimento de seus segurados.

De acordo com o fundador da Corretora, Kleber de Paula, a comunicação com os clientes foi reformulada com conteúdos interativos de práticas que auxiliassem na prevenção do coronavírus. “Com a iminência dos riscos, ficou claro que nosso papel deveria ser de alertar e ajudar as pessoas a se prevenirem, produzindo materiais sobre cuidados pessoais, como produzir máscaras, o que fazer com as crianças em casa e as melhores práticas de home office. Também foram produzidos conteúdos motivacionais e de instrução de redução de custos para pequenas e médias empresas, principais clientes da corretora”, explicou.

Para apoiar as ações informativas, foram utilizadas algumas plataformas, ente elas a Studio, criado pela startup Cliente Agente. O covid-19 não alterou só a rotina, mas a economia brasileira. Tendo a ciência que muitos segurados não conseguiriam renovar o seguro, a empresa buscou uma parceria de atuação com a CarSystem, uma empresa de rastreadores para carros e motos e caminhões, que garante o pagamento de até R$ 40 mil caso o veículo não seja encontrado. Além disto, buscou a Creditas para ajudar clientes a obterem crédito mais rápido.

Outra iniciativa da corretora, além de acelerar o processo de digitalização, foi divulgar a marca dos clientes através das plataformas digitais. “Buscamos saber como os colaboradores estão e estamos acelerando o processo de digitalização das atividades, principalmente as que mostram o atendimento follow-up com clientes e gestão da produtividade. Afinal, não sabemos quanto tempo o isolamento irá durar. Começamos a fazer vídeos indicando nossos clientes que são pequenos empresários e prestadores de serviços regionais pelas redes sociais. É uma forma de ajudar a divulgar a marca deles, afinal a maioria dos comerciantes não tem noção de estratégia digital e podemos dar uma força”, ressalta de Paula.

Leia mais: Coronavírus: quais seguros o corretor pode ofertar durante a pandemia?

A Corretora acredita no potencial das indicações e pretende fortalecer sua atuação com a ferramenta Cliente Agente para promover seus serviços através dos consumidores.

N.F.
Revista Apólice