Paulo Padilha

Revista Apólice: Como foi a decisão do Banco Inter de entrar no mercado de seguros?

Paulo Padilha: Nós já estamos há bastante tempo nesse mercado, mas até então atuávamos muito focados em produtos de grandes riscos com empresas parceiras e no habitacional para nosso crédito imobiliário. Mais recentemente, ampliamos nossa operação nas linhas de bancasseguros, incluindo produtos em outras transações bancárias, e também escalamos nossa atuação digital. Com um portfólio amplo de opções em nosso Super App, indo além de seguros tradicionais, conseguimos fazer uma oferta direcionada.

RA: Qual é a seguradora por trás da operação?

Paulo Padilha: Nós atuamos com diversas seguradoras nos produtos de grandes riscos e B2B. Em nosso Super APP, temos um contrato de exclusividade com a Liberty, que tem sido nossa parceira na construção desse grande projeto. Há exceções em ramos em que ela não atua, como no caso de nossa parceria com a Metlife para a oferta do seguro odonto.

RA: Quais são as expectativas da empresa com o mercado de seguros?

Paulo Padilha: Nossa expectativa é acabar de vez com a ideia de que os bancos tradicionais empurram seguros para os clientes. Queremos ser reconhecidos por lutar contra essa prática e fazer uma revolução nesse mercado. Para isso, temos de construir uma oferta contextualizada, coerente com o perfil e o momento de vida de cada cliente. E temos avançado nesse sentido com um time muito competente, que vai desde a concepção do produto até a segmentação da oferta e o desenvolvimento da experiência do cliente

RA: Quais produtos serão comercializados inicialmente?

Paulo Padilha: A plataforma já conta com um portfólio amplo de produtos. Em termos de oferta 100% digital, já somos o banco com a operação mais diversificada do país e temos ainda muitos outros produtos em desenvolvimento. A gente diz que existe um seguro certo para cada pessoa e para cada momento de sua vida. E, para isso, não poderíamos ficar apenas nos seguros tradicionais. Hoje já temos Auto Completo e Danos a Terceiros, Residencial, Cartão, Assistências, Viagem, Consórcio, Previdência, Odonto, entre outros. Em breve, teremos o Garantia em nosso marketplace, Saúde, Vida.  E tudo isso sem uma oferta que seja de produto em prateleira, sabemos que isso não funciona no ramo de seguros. A ideia, então, é que nossa nova plataforma faça essa oferta direcionada de somente aquilo que condiz às necessidades de cada cliente, de forma transparente e parceira. Esperamos, assim, contribuir para que o brasileiro mude sua percepção sobre os produtos de seguros, até então muito atrelada à venda casada e uma oferta sem nenhum foco em cliente.

RA: Qual é o perfil dos clientes do Banco Inter?

Paulo Padilha: O Banco Inter busca ser acessível para todos, desde jovens que estão iniciando sua carreira e buscam uma conta gratuita e livre de taxas e tarifas, investidores em busca de independência financeira, adultos que desejam proteger seus bens mais preciosos e até mesmo os mais experientes que querem uma aposentadoria tranquila. Por isso, investimos nessa flexibilidade do nosso modelo de oferta.

Kelly Lubiato
Revista Apólice

Deixe uma resposta