A seguradora Zurich e a Zurich Foundation, entidade do Grupo que se dedica a investimentos em projetos comunitários, vão destinar R$ 5 milhões em ações sociais para ajudar no enfrentamento da pandemia do coronavírus no Brasil.

Parte dos recursos serão direcionados para a estruturação e funcionamento dos leitos de UTI e de Enfermarias do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP), preparados exclusivamente para atender casos relacionados ao covid-19. Este novo centro de tratamento começou a funcionar em 27 de março. “Abraçamos uma causa de efeito imediato para atender e tratar os pacientes”, afirma Edson Franco, CEO da seguradora no Brasil.

O investimento será canalizado também para a doação de cestas básicas de alimentos e produtos de limpeza para 4.138 famílias durante quatro meses, na cidade de São Paulo. Todas as famílias são assistidas pelas ONGs Somar, Locomotiva, Olga Kos e Hurra!, instituições já apoiadas pela empresa.

Além destas ações, a companhia criou também um benefício adicional para colaboradores, de até R$ 20 mil, para custear despesas médicas e hospitalares dos funcionários e suas famílias na necessidade de hospitalização no tratamento do coronavírus.

Leia mais: Aplicativo da Zurich ganha novas funcionalidades de gestão de risco

Adicionalmente, a empresa está conduzindo uma campanha para arrecadar produtos de higiene pessoal e máscaras respiratórias n-95 para doação às famílias atendidas pelas ONGs. Os recursos para compra dos materiais estão sendo angariados no site. A campanha também tem apoio da Zurich Foundation e para cada R$ 1,00 arrecadado, a fundação doa mais R$1,00. “O momento é de união e solidariedade. Com esta iniciativa, nosso objetivo é auxiliar diretamente 25 mil pessoas”, diz Franco.

Além das ONGs, o IPPE (Instituto de Pesquisas e Projetos Empreendedores) também será beneficiado pela campanha.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta