EXCLUSIVO – Adquirir uma casa é um dos maiores sonhos do brasileiro. Comprar um imóvel próprio muitas vezes requer anos de dedicação, sendo necessário poupar dinheiro e abrir mão até do lazer da família. Para proteger tamanho investimento o seguro residencial pode ser uma opção barata, que ainda garante serviços acessórios.

Além de proteger o imóvel contra incêndios, queda de raios e explosões, enchentes e até roubo ou furto, o seguro também oferece diversos serviços como encanador, eletricista, chaveiro, conserto de eletrodomésticos da linha branca, desentupimento, substituição de telhas entre outras.

Quando o isolamento social é necessário devido à pandemia do novo coronavírus, muitas pessoas não estão saindo de casa e querem contar com a assistência oferecida pelo seguro residencial. As seguradoras continuam oferecendo normalmente esses serviços aos seus segurados, que não podem esperar o fim do confinamento para serem atendidos.

A Porto Seguro está fazendo o agendamento desses serviços pelo WhatsApp, visando facilitar e agilizar o atendimento para o segurado. Dentre outros benefícios, o cliente ainda conta com o Clube Porto Seguro, que oferece descontos em produtos e serviços de parceiros, como compras, cultura, lazer e gastronomia. “O lar é um dos únicos lugares em que estamos protegidos neste período, então é importante que tudo esteja em completo funcionamento”, ressalta Marcel Tornero, gerente de Ramos Elementares da Porto Seguro.

É importante ressaltar que o seguro pode ser adquirido pelo proprietário ou pelo inquilino do imóvel. É possível contratar coberturas que cubram apenas a estrutura da casa, só para o que estiver dentro dela ou para ambos. Para Saint Clair Lima, diretor da Bradesco Auto/RE, “além de oferecer uma boa relação custo x benefício para o segurado, quando comparada a outras modalidades, o produto simplifica a vida de quem contrata com os serviços que ele oferece”.

“Imagine, por exemplo, que o cliente se depara com vazamentos no encanamento do imóvel, constate o entupimento da tubulação de esgoto ou aconteça um curto-circuito, que vai interromper o fornecimento de energia elétrica e ainda aumentar o risco de incêndio. Esses são casos emergenciais que não podem esperar para serem resolvidos. Contar com o suporte da seguradora, que vai indicar um prestador qualificado para realizar o serviço seguindo as recomendações sanitárias é muito importante”, afirma João Carlos França de Mendonça, diretor técnico de Commercial Lines da Sompo Seguros.

Leia mais: Seguradora passa a aceitar colivings em seu seguro residencial

Nicole Fraga
Revista Apólice

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta