A Minuto Seguros acabou de realizar um estudo com base na lista divulgada pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) com os carros mais vendidos no Brasil em março.

O Onix, da Chevrolet, permanece como o carro mais vendido do Brasil com larga vantagem sobre os concorrentes. O hatch da montadora americana, que desde 2015 ocupa a 1ª colocação, fechou março com 12.007 unidades comercializadas. Com relação ao preço médio do seguro, o modelo da GM ficou com a cotação mais barata para homens e mulheres. Eles pagam R$ 2.595, enquanto o valor registrado para o perfil feminino foi de R$ 1.848 entre as capitais cotadas. 

Fora do Top 3 no mês de fevereiro, o Ford KA voltou a figurar no pódio ocupando a segunda posição, lugar que vinha sendo ocupado pelo Onix Plus desde outubro de 2019. O hatch da Ford apresentou uma elevação acentuada no preço médio do seguro tanto para mulheres quanto para homens. Para o público feminino, a cotação em março foi de R$ 2.551, uma alta de 75% em relação ao registrado em fevereiro. No perfil masculino, os valor médio ficou em R$ 2.885, 30% a mais do que no mês anterior. 

Após ficar três meses fora do pódio até fevereiro, o HB20 emplacou pela segunda vez consecutiva a terceira colocação entre os carros mais vendidos do País. Assim como aconteceu com o KA, o modelo da Hyundai também apresentou uma variação para cima no preço médio do seguro. Para os homens, passou de R$ 2.172, no segundo mês do ano, para R$ 3.511, em março. Para o público feminino, foi de R$ 1.792 para R$ 3.028.

Onix Plus tem queda no preço do seguro; Renegade fica com o valor médio mais alto para homens, enquanto T-Cross registra o mais caro para mulheres

Presente na segunda colocação desde outubro de 2019, o Onix Plus cedeu espaço ao KA e ao HB20 e ficou apenas com  a 4ª colocação entre os carros mais vendidos do Brasil em março. No entanto, com relação ao preço do seguro, ele registrou uma queda de 2% no que diz respeito ao público masculino, o que deixou a cotação média para os homens em R$ 2.849. Já para as mulheres, o valor registrado foi de R$ 2.447. 

Na 6ª posição dos carros mais vendidos do Brasil em fevereiro, o Argo subiu mais uma posição e terminou março  como o 5º colocado. O veículo da Fiat foi um dos modelos que registrou elevação no preço do seguro para homens e mulheres. A cotação para o público masculino ficou em R$ 3.059, 16,5% a mais em relação ao mês anterior, enquanto elas pagam, em março, R$ 2.790, uma alta de 66%.

O T-Cross, que subiu uma colocação em relação ao mês passado, fechou março com preço médio do seguro mais caro para as mulheres: R$ 4.002. Em compensação, para os homens que residem em São Paulo a cotação ficou mais barata, já que o valor registrado no terceiro mês do ano foi R$ 238 mais baixo do que em fevereiro na capital paulista. Já o modelo com o preço do seguro mais alto para os homens foi do Renegade, cuja cotação ficou em R$ 4.626. Para o público feminino, o modelo da Jeep apresentou o valor de R$ 3.990 entre as capitais cotadas.

O Renault Kwid, assim como outros oito veículos do Top 10, também registrou uma elevação no preço do seguro entre as capitais cotadas para homens e mulheres. Para o público masculino, o valor médio foi de R$ 2.855, em março, contra R$ 2.117, de fevereiro. No que diz respeito ao perfil feminino, a alta foi de 63,7%. Já o Polo, da Volkswagen, apresentou redução de valor na cotação do público masculino em São Paulo em relação ao mês anterior: R$ 32. Para as mulheres, o preço na capital paulista registrou uma elevação: passou de R$ 1.479, em fevereiro, para R$ 2.114, em março. 

Análise do preço do seguro dos mais vendidos

O preço médio do seguro de todos os 10 veículos da lista entre as capitais cotadas foi de R$ 3.326 para os homens e de R$ 2.897 para as mulheres. 

O valor médio do seguro mais barato para o público masculino, em março, ficou com o Chevrolet Onix. No levantamento realizado, os homens pagam R$ 2.595. Enquanto isso, o posto de valor médio do seguro mais alto ficou com o Renegade: R$ 4.626. Para as mulheres, o menor preço médio do seguro registrado em março também foi Onix: R$ 1.848. O mais caro foi para o público feminino foi o Volkswagen T-Cross: R$ 4.002.  

Leia mais: Valor do seguro dos carros mais vendidos no Brasil em 2019

Para realizar o estudo, a empresa considerou como perfil um condutor homem e uma condutora mulher, de 35 anos, ambos casados. Foram avaliados os preços dos seguros em cinco capitais: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), João Pessoa (PB) e Curitiba (PR).

Quem paga menos pelo seguro?

Dentro destes perfis mencionados, o preço do seguro para o Kwid é o que apresenta a menor diferença entre as capitais cotadas para homens. O valor mais alto está No Rio de Janeiro, com R$ 3.421, e o menor em João Pessoa, por R$ 2.558, uma distância de R$ 863. No contraponto de diferença de valores, ainda citando o público masculino, o T-Cross é o que possui a maior diferença entre estados: R$ 4.031. A mais alta também no Rio de Janeiro, R$ 7.367, e a menor em Curitiba, com R$ 3.336. Para os homens, João Pessoa é a cidade com seguro mais barato: seis dos dez carros. Nos seguros com valores mais altos, o Rio de Janeiro é a cidade que detém os maiores preços: todos os dez modelos. A capital da Paraíba registrou, também, o menor preço entre todos os modelos cotados no perfil masculino: R$ 2.182 para o Onix. O preço médio do seguro para homens, em São Paulo, para os 10 carros mais vendidos é de R$ 2.887, já no Rio de Janeiro, o valor é de R$ 4.672.

Agora, falando no perfil feminino, o Onix Plus é o que apresenta a menor diferença entre as capitais cotadas: uma diferença de R$ 830; o valor mais alto está no Rio de Janeiro, com R$ 3.010, e o mais baixo está em São Paulo, com R$ 2.179. Em outra comparação, o Renegade ficou com a maior distância de valores: R$ 3.070. A maior no Rio, com R$ 5.985 e a menor, em São Paulo, com R$ 2.914. No âmbito do público feminino, São Paulo também é a cidade com o seguro mais barato: sete dos dez carros. Já os valores maiores estão concentrados no Rio de Janeiro: todos os veículos cujo seguro tem maior preço ficam na capital carioca. O menor valor entre todos os modelos e capitais cotados no perfil feminino ficou com Curitiba: R$ 1.579 para o Onix. O preço médio do seguro em São Paulo, para as mulheres, ficou em R$ 2.383 e no Rio de Janeiro, R$ 3.958.

Tabela com os valores do seguro

Detalhes da cotação

Capitais: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), João Pessoa (PB) e Curitiba (PR).
Seguradoras: Azul, Aliro, Allianz, Bradesco, HDI, Itaú, Liberty, Sompo Seguros, Mapfre, Mitsui, Porto Seguro, Tokio Marine e SulAmérica.
Perfil: Homem e mulher, 35 anos, casado(a).
Plano: Cobertura de terceiros de R$ 100 mil.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta