(FOTO: Site Cultura Prevencionista)

A cobertura do seguro de acidentes pessoais dos parceiros de entrega já é uma realidade para os entregadores que utilizam o iFood. Esses profissionais que fazem parte da população que não pode ficar em casa em meio ao isolamento social, terão a cobertura do Seguro de Vida para casos confirmados de coronavírus. Cerca de 170 mil entregadores cadastrados na plataforma serão contemplados com esse benefício, que entrou em vigor no dia 15 de abril e é válido por 90 dias, podendo ser prorrogado. A iniciativa foi realizada em parceria com foodtech e a corretora de seguros MDS.

No final de 2019, a parceria entre a empresa e a MetLife já garantia aos entregadores cadastrados na plataforma a cobertura de acidentes pessoais durante entregas com o app, e também no “retorno para casa”, após a última entrega, sem qualquer custo para eles. A iniciativa vale para todos as modalidades de entrega existentes no app e em todo território nacional.

“Nós já tínhamos desenvolvido um benefício para o iFood com o intuito de proteger os entregadores por todo o país. Desta vez, estamos ampliando a cobertura visando o momento atual e o quanto esses trabalhadores precisam continuar trabalhando durante a quarentena. Garantir a segurança financeira dos nossos clientes e contribuir para a continuidade dos serviços essenciais do país são nossas prioridades”, explica o vice-presidente comercial da seguradora, Ramon Gomez.

Desde o início da epidemia no Brasil e das recomendações de isolamento social, o iFood tem anunciado uma série de iniciativas para minimizar os impactos da doença na cadeia de atuação da empresa (entregadores, consumidores e restaurantes). “Os entregadores têm uma função social essencial neste período e estamos trabalhando constantemente para que eles possam atuar da forma mais segura possível. O seguro de vida é mais uma das iniciativas voltadas para a proteção dos parceiros que complementam demais medidas, como por exemplo, os dois fundos solidários voltados para dar suporte àqueles que necessitem permanecer em quarentena e para atender a necessidade de grupos de risco em permanecer em isolamento. Além disso, também estamos distribuindo kits de higiene com álcool em gel, máscaras e materiais informativos”, afirma Roberto Gandolfo, vice-presidente de Logística da foodtech.

Leia mais: MetLife Brasil anuncia nova head de Marketing

A adesão do seguro de vida com cobertura de covid-19 abrange entregadores que tenham cadastro ativo na plataforma, com idade mínima de 18 (dezoito) anos e a idade máxima de 75 (setenta e cinco) anos. Os entregadores devem ter realizado no mínimo, 1 (uma) entrega entre 01/02/2020 e 31/03/2020 e terem seu cadastro liberado e validado na plataforma até 15/03/2020. A cobertura da morte por coronavírus chegará a R$ 20 mil.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta