A Generali atingiu o resultado operacional de € 5,2 bilhões, 6,9% a mais do que em 2018, graças às contribuições de todos os segmentos de negócios. A seguradora atingiu forte crescimento de lucros chegando a € 2,7 bilhões, uma alta de + 15,7% quando comparado com o período anterior. O lucro líquido ajustado foi de € 2,2 bilhões.

Excluindo a despesa não recorrente (pontual) de € 188 milhões relacionada às operações de gerenciamento de passivos, com a recompra de notas subordinadas, o lucro líquido ajustado foi de € 2,4 bilhões, + 6,6% a mais do que 2018. As reservas técnicas de vida cresceram para € 369,4 bilhões, um crescimento de 7,6%. A margem de novos negócios foi elevada para 3,89% (-0,49 p.p).

Em P&C, os prêmios brutos cresceram para € 21,5 bilhões, número + 3,9% maior. O índice combinado foi de 92,6% (-0,4 p.p.), o melhor entre os concorrentes. Graças às tendências positivas nos segmentos de Vida e P&C, os prêmios emitidos brutos atingiram € 69,8 bilhões, um crescimento de 4,3% dos quais € 15,2 bilhões foram provenientes de produtos sociais e ambientais.

O lucro da Asset Management aumentou para € 280 milhões, 19% a mais do que em 2018, e a companhia atingiu uma excelente posição de capital com Índice de Solvência Regulatório de 224% (217% no exercício de 2018, +8 p.p.) O dividendo proposto por ação foi de € 0,96, um aumento de 6,7% quando comparado com o período anterior.

Leia mais: Generali celebra 95 anos em território brasileiro

O CEO do Grupo, Philippe Donnet, comenta que “a empresa encerrou 2019 com o melhor resultado operacional de sua história e com uma excelente posição de capital. Esse conjunto de resultados confirma que estamos no bom caminho para cumprir todas as metas do plano estratégico ‘Generali 2021’. A implementação disciplinada da estratégia está impulsionando um crescimento lucrativo em todas as linhas de negócios e tornou possível aumentar a diversificação das fontes de lucro, com entradas líquidas da Life em níveis excelentes e a melhor relação combinada entre concorrentes”.

O executivo afirma que esses resultados, obtidos apesar do contexto macroeconômico, foram alcançados graças à contribuição de todos os colaboradores da empresa, que trabalham para ajudar a alcançar nossa ambição de ser um parceiro vitalício para nossos clientes. Segundo Donnet, “a prioridade é promover o crescimento do Grupo, incorporando nossas ações de longo prazo”.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta