A Generali desenvolveu seu primeiro “Quadro de títulos vinculados a seguros verdes” (Quadro ILS verde), alinhado à estratégia de sustentabilidade do Grupo. A iniciativa está intimamente relacionada ao Generali “Green Bond Framework”, publicado em setembro de 2019.

Os títulos vinculados a seguros são mecanismos alternativos para a transferência do risco de seguro para investidores institucionais. O valor desses instrumentos depende principalmente da probabilidade de ocorrência dos eventos segurados e o retorno relacionado não está correlacionado com o mercado financeiro.

A companhia é uma das principais patrocinadoras europeias no mercado de títulos vinculados a seguros, tendo patrocinado duas obrigações de risco de catástrofe (Lion I Re, 2014 e Lion II Re, 2017) e uma obrigação de risco de responsabilidade civil de terceiros (Horse Capital I, 2016). O ILS verde é caracterizado pelo investimento de garantias em ativos com impacto ambiental positivo e pela alocação do capital de solvência transferido para iniciativas sustentáveis, como investimentos em ativos verdes e apoio à subscrição de políticas verdes, de acordo com critérios predefinidos de seleção e exclusão.

Cristiano Borean, CFO da seguradora, comenta: “A estrutura de títulos vinculados à Generali Green Insurance é mais um passo em nossa estratégia de sustentabilidade. Também demonstra a abordagem do Grupo para gerenciar capital de acordo com a estratégia da empresa e o compromisso de longo prazo com o mercado de títulos vinculados a seguros”.

Leia mais: Generali celebra 95 anos em território brasileiro

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta