Diante das chuvas intensas que vêm atingindo os estados brasileiros, a Zurich reforça a necessidade das pessoas se prevenirem contra enchentes e estarem mais preparadas para eventos que possam expor sua integridade física.

Em janeiro foi registrado um volume de água nos estados de Minas Gerais e São Paulo maior se comparado aos anos anteriores. A capital paulistana já recebeu 323,2 milímetros de água, número três vezes maior que o registrado entre os dias 23 e 24 de dezembro de 2019, com 101,6 mm. Já o estado mineiro teve índice pluviométrico entre os dias 1 e 20 de janeiro de 474,1 milímetros, mais que a média histórica para o mês, que é de 329,1mm.

Com o objetivo de conscientizar a sociedade brasileira a desenvolver um plano de emergência, a seguradora traz algumas dicas para que a população possa diminuir as perdas e prejuízos causados por esses fenômenos, como identificar possíveis riscos consultando a Defesa Civil para verificar plano de emergência em casos de enchente em seu bairro e/ou rota de fuga. É importante também comunicar os familiares sobre seus planos e seu possível local temporário de permanência, tendo sempre consigo um kit de emergência de primeiros socorros e remédios de utilização diária.

“O planejamento antecipado melhora as chances de uma família ter menos problemas durante uma emergência e, inclusive, de preservar a integridade física dos membros”, diz Carlos Cortés, head of Risk Engineering da companhia. O executivo afirma que “a partir do desenvolvimento de um plano de emergência, todos conseguem se antecipar a qualquer acontecimento adverso por meio dessas ações básicas”.

Leia mais: Florianópolis recebe primeiro Experiência Zurich de 2020

Além da construção do plano de emergência, a companhia traz três estágios para minimizar os impactos dessas catástrofes:

Preparação antes da temporada de chuvas chegar:

– Faça limpeza dos sistemas de drenagem, calhas e descidas de água de chuva;
– Identifique áreas de segurança na sua casa e na vizinhança;
– Prepare um kit com suprimentos e coloque documentos importantes num compartimento impermeável;
– Defina pontos de encontro familiar fora da região afetada;
– Cadastre-se nos serviços de alertas da sua cidade;
– Instale comportas contra enchentes.

Respostas durante uma tormenta:

– Desconecte equipamentos elétricos e feche o gás;
– Monitore constantemente o nível da água junto a um grupo do WhatsApp;
– Se desloque para as áreas de segurança;
– Desligue o quadro elétrico das áreas que podem ser atingidas;
– Mantenha seus familiares informados a respeito da situação e evite que membros da família voltem para casa quando a enchente estiver ocorrendo;
– Coloque aparelhos e artigos de valor para locais superiores da sua casa, a fim de evitar que sejam danificados.

Recuperação após a enchente:

– Acione o seguro e peça indicações sobre como documentar as suas perdas e descartar os bens afetados;
– Remova os detritos de forma que, em caso de novas tormentas acontecerem, eles não dificultem o fluxo natural da água;
– Não ligue o quadro elétrico até garantir que a instalação esteja livre de umidade;
– Limpe os pisos e paredes, pois a água de chuva se mistura com o esgoto e pode causar doenças graves, como a leptospirose.

As instruções da seguradora têm como objetivo ajudar as pessoas a evitarem demais perdas e a tomarem medidas preventivas das catástrofes, que ocorrem principalmente no começo de cada ano.

N.F.
Revista Apólice

1 COMENTÁRIO

  1. Eu tive que passar pelo pior para entender que faz diferença ter o seus bens com seguro. fechei os seguros do meu carro e da minha casa com o pessoal da meuseguromaisbarato.com.br, eles foram fantásticos e hoje sei como agir em caso de alagamento.

Deixe uma resposta