A Internet das Coisas (IoT) é uma das grandes novidades dos últimos tempos e a aposta de muitas empresas para melhorar resultados, otimizando processos com coleta e processamento de dados estratégicos. À medida que cresce o uso dessa tecnologia, com a conexão de novos dispositivos à rede, os riscos de invasões também aumentam.

A IoT é apontada pelo “Relatório de Risco Cibernético – Hoje e Amanhã”, publicado pela Aon, como um dos principais riscos avaliados dentro de pequenas, médias e grandes companhias, em diferentes estágios de transformação digital. Com um cenário novo e muitas vezes desconhecido, é importante que a empresa saiba como gerenciar esses riscos, além de dimensionar os desafios que estão por vir.

Mauricio Bandeira, Gerente de Linhas Financeiras e Responsabilidade Civil da empresa, elenca alguns pontos para se prevenir dos ataques.

Leia mais: Aon nomeia Alejandro Galizia como CEO na América Latina

1) Conheça os riscos

Para se prevenir, o primeiro passo é conhecer todos os riscos aos quais os seus dispositivos estão expostos. Isso permite criar uma política de segurança muito mais eficaz para evitar qualquer tipo de problema ou invasão no futuro.

Um entrave comum dentro de qualquer organização é a falta de um mapeamento que conte com todos os dispositivos conectados à rede. Sem conhecer todos os pontos, é impossível criar uma política de segurança que realmente proteja seus dados.

2) Busque por fornecedores confiáveis

Como dito acima, uma das principais vulnerabilidades existe por uma limitação dos dispositivos que não contam com configurações para inserção de segurança e acabam por gerar brechas.

Por conta disso, buscar pelos melhores fornecedores e entender como funciona cada dispositivo é fundamental, pois, dessa maneira, você evita que seus dados sejam expostos ou que possam ser vistos livremente por qualquer um.

3) Mantenha os dispositivos atualizados

Outro ponto é a atualização dos dispositivos, uma vez que o fabricante sempre pode descobrir vulnerabilidades em seus equipamentos e lançar atualizações de correção para evitar que seus clientes sejam afetados.

Para evitar esse problema, seu time de TI deve estar sempre atento a toda e qualquer atualização para seus dispositivos, sendo que, para isso, é preciso manter o mapeamento de rede completo

Além disso, investir em segurança digital é algo essencial para evitar o roubo de seus dados, uma vez que os cibercriminosos estão cada vez mais especializados e atentos a toda e qualquer vulnerabilidade que possa dar a eles alguma vantagem.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta