A Minuto Seguros acaba de realizar um estudo com base na lista divulgada pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) com os carros mais vendidos no Brasil em janeiro.

O Onix, da Chevrolet, abriu o ano na liderança do ranking dos carros mais vendidos do Brasil em Janeiro, com 17.463 unidades comercializadas. Com relação ao preço médio do seguro, o hatch apresentou uma queda significativa em relação ao mês anterior, tanto para os homens quanto para as mulheres. Para o público masculino, o valor médio entre as capitais cotadas em janeiro ficou em R$ 2.020, enquanto em dezembro, o preço médio foi de R$ 2.221, uma redução de 9%. Já para o público feminino, a queda foi ainda mais acentuada, já que no primeiro mês de 2020, o valor médio do seguro foi 17% menor do que o registrado no mês anterior: R$ 1.543 contra R$ 1.873.

Outro automóvel da família Chevrolet, o Onix Plus iniciou o ano com força no mercado e parece, aos poucos, consolidar-se como o novo dono da segunda colocação entre os veículos mais vendidos do País. Em janeiro, o novo sedã registrou 8.722 vendas, quase 1.300 a mais do que o KA, terceiro colocado.

No que diz respeito ao preço do seguro do Onix Plus , o modelo apresentou alta em relação ao calculado na sua primeira aparição no Top 10, em outubro de 2019. À época, o novo sedã havia registrado o valor médio de R$ 2.098 na cotação para o perfil masculino. Agora, o valor entre as capitais cotadas gira em torno dos R$ 2.769, elevação de 32%. Para as mulheres, a alta foi mais sutil. Em outubro do ano passado, o preço médio do seguro era de R$ 1.684, enquanto em janeiro deste ano, ficou em R$ 1.869, uma diferença de cerca de 11%.

Para os proprietários do Ford KA, o terceiro colocado entre os mais vendidos, ótima notícia com relação aos preços do seguro. Houve redução nas cotações médias tanto para homens quanto para mulheres. Em janeiro de 2020, o valor médio do seguro do KA para o público masculino ficou em R$ 2.084, cerca de 10% mais barato do que os R$ 2.290 levantados em dezembro de 2019. Em reais, a redução foi de R$ 206. A queda do preço médio para o público feminino foi ainda mais acentuada: 12,5%. Em janeiro, o preço foi de R$ 1.427, enquanto em dezembro, havia sido de R$ 1.630.

Renegade tem redução de R$ 1.061 no preço médio do seguro para homens e HB20 registra maior queda de valor para mulheres

Presente mais uma vez na lista dos carros mais vendidos do Brasil, o Renegade registrou a maior diferença, em reais, no preço médio do seguro em relação a dezembro. Para o público masculino, o valor do seguro em janeiro foi de R$ 3.440, mais de mil reais mais barato do que o registrado no último mês de 2019, quando chegou a R$ 4.501, uma redução de 23,5%. Quanto ao perfil feminino, também houve queda: 3,6%. No primeiro mês de 2020, o valor ficou em R$ 2.823 contra os R$ 2.930 da cotação média realizada em dezembro de 2019.

Já a maior queda no valor médio do seguro para o público feminino ficou com o HB20. Na cotação para as mulheres em janeiro, o preço ficou na casa dos R$ 1.587, quase R$ 500 a menos do que os R$ 2.052 registrados em dezembro, o que representou uma redução de mais de 22%. Para o os homens, também houve diminuição no valor: de R$ 2.481, em dezembro, para R$ 2.172, uma queda de 12,5%.
Consolidado na quarta colocação, o Kwid foi outro modelo a ter o preço médio do seguro reduzido em relação a dezembro. No último mês de 2019, o valor havia ficado em R$ 2.299 para os homens. Já em janeiro, o preço cotado foi de R$ 2.002, ou seja, 13% mais barato. Para o público feminino, também houve queda no valor médio do seguro para o veículo da Renault: de R$ 1.669, em dezembro, para 1.610, em janeiro, uma diferença de 3,5%.

Leia mais: Valor do seguro dos carros mais vendidos no Brasil em 2019

Já o Gol, sexto colocado entre os carros mais vendidos do Brasil, não apresentou grande variação no valor do seguro em relação ao último mês de 2019. Para o público masculino, o preço se manteve estável, com variação de cinco reais dos R$ 2.694 de janeiro para os R$ 2.699 cotados em dezembro. Para as mulheres, o primeiro mês do ano registrou uma leve elevação, com R$ 2.140 ante os R$ 2.064 do mês derradeiro do ano passado.

Na sétima posição, o Novo Polo, outro modelo da Volkswagen a entrar na lista, foi outro veículo a ter o preço médio do seguro mais barato em relação a dezembro, tanto para as mulheres quanto para os homens. Para elas, a queda nos valores foi de 11,6%: R$ 1.786, em janeiro, contra R$ 2.020, em dezembro. Já o público masculino paga, em média, 2.425 no seguro do Polo em janeiro, 3,5% a menos do que no último mês de 2019.

Único representante da Fiat no Top 10, o Argo foi mais um modelo a ter o valor médio do seguro com redução no mês de janeiro. Em janeiro, o preço para as mulheres ficou em R$ 1.929, quando em dezembro havia sido de R$ 2.058, ou seja, 6,3% mais barato. Para o público masculino, a queda foi de 4,5%: R$ 2.318 em janeiro contra R$ 2.427 de dezembro.

Análise do preço do seguro dos mais vendidos

O preço médio do seguro de todos os 10 veículos da lista entre as capitais cotadas foi de R$ 2.383 para os homens e de R$ 1.820 para as mulheres.

Já o valor médio do seguro mais barato para o público masculino, em janeiro, ficou com o Fiat Mobi. No
levantamento realizado, os homens pagam R$ 1.901. Enquanto isso, o posto de valor médio do seguro mais alto ficou com o Renegade: R$ 3.440. Para as mulheres, o menor preço médio do seguro registrado em janeiro foi o do Ford KA: R$ 1.470. O mais caro foi, assim como para o público masculino, o Renegade: R$ 2.823.

Para realizar o estudo, a seguradora considerou como perfil um condutor homem e uma condutora mulher, de 35 anos, ambos casados. Foram avaliados os preços dos seguros em cinco capitais: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Goiânia (GO), Recife (PE) e Florianópolis (SC).

Quem paga menos pelo seguro?

Dentro destes perfis mencionados, o preço do seguro para o Onix Plus é o que apresenta a menor diferença entre as capitais cotadas para homens. O valor mais alto está no Rio de Janeiro, com R$ 3.030, e o menor em Recife, por R$ 2.402, uma distância de R$ 628. No contraponto de diferença de valores, ainda citando o público masculino, o Renegade é o que possui a maior diferença entre estados: R$ 2.241. A mais alta também no Rio de Janeiro, R$ 4.988, e a menor em Florianópolis, com R$ 2.746. Para os homens, Florianópolis é a cidade com seguro mais barato: oito dos dez carros. Nos seguros com valores mais altos, o Rio de Janeiro é a cidade que detém os maiores preços: todos os dez modelos. A capital de Santa Catarina registrou, também, o menor preço entre todos os modelos cotados no perfil masculino: R$ 1.458 para o Onix. O preço médio do seguro para homens, em São Paulo, para os 10 carros mais vendidos é de R$ 2.415, já no Rio de Janeiro, o valor é de R$ 2.906.

Agora, falando no perfil feminino, o Novo Polo é o que apresenta a menor diferença entre as capitais cotadas, com uma diferença de R$ 552, do valor mais alto, que está no Rio de Janeiro, com R$ 2.031, para o mais baixo, que está em Florianópolis, com R$ 1.575. Em outra comparação, o Renegade ficou com a maior distância de valores: R$ 2.854. A maior no Rio, com R$ 4.812 e a menor, em Florianópolis, com R$ 1.953. No âmbito do público feminino, Florianópolis também é a cidade com o seguro mais barato: todos os dez carros. Já os valores maiores estão concentrados no Rio de Janeiro: 100% dos seguros com maior preço ficam na capital carioca. O menor valor entre todos os modelos e capitais cotados no perfil feminino ficou com Florianópolis: R$ 956 para o KA. O preço médio do seguro em São Paulo, para as mulheres, ficou em R$ 1.651 e no Rio de Janeiro, R$ 2.577.

Detalhes da cotação

Capitais: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Goiânia (GO), Recife (PE) e Florianópolis (SC).
Seguradoras: Azul, Aliro, Allianz, Bradesco, HDI, Itaú, Liberty, Sompo Seguros, Mapfre, Mitsui, Porto Seguro, Tokio Marine e SulAmerica.
Perfil: Homem e mulher, 35 anos, casado(a).
Plano: Cobertura de terceiros de R$ 100 mil.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta