Com o objetivo de reforçar as causas que já trabalha, a Liberty Seguros anunciou os nomes das instituições sociais selecionadas para receberem apoio e patrocínio da companhia ao longo de 2020. O projeto faz parte do seu programa de sustentabilidade, que já recebeu cerca de 100 propostas e, dentre estas, selecionou 6 iniciativas alinhadas às crenças e valores da empresa.

Para definir quais projetos seriam incentivados, a seguradora levou em conta algumas premissas como o reforço às causas do empoderamento feminino e de jovens, com os programas Liberty Mulheres Seguras e Jovens do Futuro; a área de atuação e credibilidade da ONG; investimento e impacto da organização em transformações sociais; visibilidade e retorno para a companhia; ativação dos stakeholders da organização, abrangência territorial; entre outros.

As 6 iniciativas foram selecionadas para patrocínio através das Leis: Rouanet (Lei de Incentivo à Cultura), FUMCAD (Fundo Municipal da Criança e do Adolescente), Lei de Incentivo ao Esporte e o Fundo do Idoso.

Conscientizar e empoderar sempre

Há três anos, a seguradora é uma das patrocinadoras do maior festival de sustentabilidade da América Latina, a Virada Sustentável. O evento, realizado em diversas cidades do país, gera empregos, encaminha resíduos para reciclagem, estimula novos talentos e ajuda a conscientizar a sociedade sobre o tema. A companhia é Patrocinadora Master da Virada de Porto Alegre e Co-patrocinadora em Manaus, São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador. No ano passado, foram conduzidas mais de 1.400 atividades, que contaram com a presença de 690 mil pessoas.

A empresa também é apoiadora do Hacktudo, um festival de cultura digital, no Rio de Janeiro. O evento, que no ano passado reuniu 14 mil visitantes, tem como principal atração o MEGA HACKATHON, atividade que desenvolve soluções para resolver problemas existentes na sociedade. Na última edição, o Mulheres Seguras ofereceu o Hack Delas, uma iniciativa voltada ao incentivo da igualdade de gênero, e o Hack Conference, com participação da CIO da Liberty, Ana D’Amaral.

Leia mais: Liberty Seguros finaliza segunda edição do treinamento Academia Digital

Capacitação desde a base

Pelo quarto ano consecutivo, a empresa apoia o CEAP (Centro Educacional Assistencial Profissionalizante), que oferece qualificação profissional aos estudantes da cidade Ademar, em São Paulo. Denominado Programa Liberty de Educação Profissional para o Mercado de Seguros, o projeto foi desenvolvido em conjunto com o corpo docente da instituição e ensina fundamentos básicos do mercado de seguros como diferenciais competitivos para os jovens que aplicarão às vagas no setor, além de aquecer o mercado. Até 2019, 150 alunos fizeram o curso e em neste ano a expectativa é de impactar mais 50 jovens.

A companhia também irá apoiar em 2020 o Instituto Techmail (ITM), que tem como objetivo combater a desigualdade social por meio da educação e emprego. A entidade ministra cursos que ajudam a preparar e capacitar os alunos para ingressar no mercado de trabalho. A instituição já formou 810 jovens em 32 turmas, com aproveitamento de 530 pessoas no mercado como aprendizes ou estagiários. Dentre os cursos oferecidos, há opções técnicas de modalidades como administração, contabilidade e finanças, além de temas específicos sobre seguros, gestão de riscos e transações imobiliárias.

Incentivo ao esporte

Também pelo quarto ano consecutivo, a seguradora apoia a Fundação Tênis, ONG que ensina o tênis e cidadania a crianças carentes de cidades no Rio Grande do Sul e de São Paulo. Atualmente, a instituição atende mais de 1.000 crianças e suas famílias e as encaminham a cursos profissionalizantes. Além disso, a Fundação tornou-se signatária do Pacto Global da ONU apoiando diversos ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável).

Auxílio na melhor idade

Fundada em 1931 pelo Rotary Clube de Porto Alegre, a SPAAN se dedica a proporcionar uma velhice digna, com conforto, atenção e qualidade de vida às pessoas idosas residentes da instituição. É a primeira vez que a companhia patrocina o projeto com foco em ampliar e modernizar os programas e o atendimento da entidade, instalar placas solares de captação de energia no local e criar uma estufa para cultivo de alimentos orgânicos em horta comunitária, além de atividades de inclusão digital.

“A companhia tem compromisso de auxiliar no desenvolvimento sustentável e proporcionar oportunidades para todos os nossos públicos fazerem o bem”, explica Patricia Chacon, diretora de Transformação da Liberty. “O ato de incentivar essas instituições vai além do patrocínio, pois promovemos diversas ações durante o ano para beneficiar esses projetos alinhados com os valores da companhia, como doações e ações em conjunto nas campanhas de voluntariado, e que ajudam a transformar o mundo em um lugar melhor”, afirma.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta