Walter Pereira

Como o senhor vê o mercado de seguro auto no Brasil hoje?

Walter: O mercado de seguro de auto vem passando por transformações e acredito que isso será apenas o começo . O que nos trouxe até aqui não será o que nos levará mais adiante. O comportamento do consumidor está mudando, no qual ele prefere ter a posse (temporária) à propriedade e isso é uma nova realidade . A mobilidade urbana exige esta mudança e isso nos desafia a pensar e agir na direção desta tendência.

Em seguros gerais, o segmento de automóvel correspondeu a 47.5% dos prêmios em 2019. Como o senhor percebe os trabalhos da Comissão para contribuir com esse número?

Walter: A Comissão, ao longo de sua existência, tem contribuído de forma positiva para crescimento do setor, disseminando as melhores práticas e sempre atenta às tendências mundiais com foco nas necessidades do cliente/consumidor.

Para 2020, quais serão as prioridades da Comissão?

Walter: Nosso objetivo é dar continuidade aos trabalhos e atividades, como mencionado. Essa ação é fundamental. Queremos informar à sociedade a contribuição do segmento na recomposição do patrimônio da forma mais clara e direta possível. Outra prioridade será propor e negociar, junto aos Reguladores, a flexibilização das regras dos produtos para torná-los mais competitivos e adequados.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta