Delphine Maisonneuve deve deixar o cargo de CEO da AXA do Brasil em janeiro de 2020 para assumir o mesmo posto na AXA Next, empresa dedicada a criar modelos de negócios e serviços que vão além das soluções em seguros. Ela será também Chief Innovation Officer do Grupo AXA, sendo responsável por todas as iniciativas de inovação em escala global.

Por conta dos excelentes resultados da AXA no Brasil, um dos países chave na operaçÃo global, o Grupo resolveu promover a executiva para o cargo estratégico tanto no Grupo quanto na AXA Next, empresa com sede em Paris e escritórios em Londres, Singapura e São Francisco. “É uma super promoção, uma surpresa que me deixou, ao mesmo tempo, triste e feliz. De qualquer forma, este ato mostra a confiança que o Grupo tem em mim e na equipe brasileira, que agora pode seguir com o plano estratégico da empresa já aprovado”.

Sobre o seu substituto, Delphine informa que haverá uma seleção interna de candidatos, que podem vir da operação brasileira ou de outros países ou de fora da corporação. “Acredito que entre o meio e o fim de janeiro este processo esteja concluído”, avisa, confessando que torce por um candidato brasileiro.

SAIBA MAIS: AXA no Brasil atinge R$ 571 milhões em receita no semestre

Sobre o que levará da experiência brasileira, Delphine destaca dois pontos: “primeiro, a incrível capacidade de adaptação, de mudança com agilidade, de inovação; segundo, a capacidade de trabalhar em grupo. Em 18 meses, conseguimos muitos resultados positivos por conta do trabalho coletivo”, destaca Delphine.

A executiva inicia na nova função em 1/1/2020 e vai se reportar a Benoît Claveranne, CEO da AXA International & New Markets e membro do Comitê Executivo do Grupo AXA.

“Em 2018, recebi do Grupo AXA a missão de reposicionar a companhia no mercado brasileiro, estabelecendo resultados positivos e uma trajetória de crescimento sustentável no longo prazo.  Posso afirmar que a tarefa foi cumprida e só tenho a agradecer a dedicação e o engajamento das equipes e a confiança de nossos parceiros. Considero que um dos principais legados que deixo para o Brasil é um Comitê Executivo extremamente bem preparado, um plano estratégico alinhado e times muito comprometidos. Só tenho a agradecer e desejar sucesso a todos”, afirma Delphine.

Kelly Lubiato
Revista Apólice

Deixe uma resposta