A HDI Seguros se uniu à busca por pessoas desaparecidas e anunciou seu apoio ao projeto “Volta Pra Casa”, que combina tecnologia e distribuição de conteúdo em rede para potencializar o alcance dos apelos de famílias à procura de parentes. A entidade sem fins lucrativos Mães da Sé, que se dedica à causa desde 1996, vai oferecer sua expertise à iniciativa, que tem como objetivo devolver ao maior número possível de lares a sensação de alívio que é ter um familiar, outrora sumido, de volta.

A iniciativa utiliza o aplicativo MultiplierApp, que permite o acesso unificado de diferentes perfis de redes sociais em uma única plataforma, com a possibilidade de programar vídeos ou transmissões ao vivo, que são condensados em links compartilháveis. A partir do momento em que o link é clicado, o usuário que autorizar a indexação do conteúdo às suas redes sociais exibe o material a todos os seus contatos simultaneamente, maximizando a audiência ao produtor original.

Leia mais: Cliente HDI passa a contar serviço de reparos automotivos

A solução ajuda a viralizar os materiais, potencializando as possibilidades de reencontros. A entidade irá atuar como curadora dos conteúdos, que devem ser enviados por WhatsApp e compostos por um vídeo curto com as últimas informações sobre a pessoa antes do desaparecimento, duas fotos dela e o Boletim de Ocorrência do caso. Depois de validado, o material é inserido no banco de dados da associação, sendo imediatamente encaminhado ao aplicativo, que faz a edição final e dispara para toda a rede cadastrada lá, disseminando os apelos.

“A tecnologia que dá suporte ao projeto amplifica consideravelmente o alcance da comunicação e potencializa as possibilidades de reencontros”, explica Murilo Riedel, CEO da HDI. Ele esclarece que a companhia irá espalhar os vídeos enviados em seus perfis nas redes sociais, de modo que os seguidores tenham acesso e possam, a partir do impacto causado, ajudar na procura.

No total, a seguradora tem atualmente mais de 3,5 milhões de seguidores nas redes sociais, onde mantém perfis no Facebook, Twitter, Instagram, YouTube e LinkedIn.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta