O dia das crianças é uma das datas mais aguardadas pelos pequenos. A data é sinônimo de brinquedos, desenhos e muita diversão, mas também é uma oportunidade para chamar atenção para a educação o trânsito. Para isso, a Seguradora Líder lançou a segunda edição da promoção Pequeno Grande Motorista. Com o tema “Cantando no Trânsito”, a iniciativa conta novamente com a parceria da youtuber Juliana Baltar, que tem mais de 9,5 milhões de inscritos no seu canal. A influenciadora convida crianças de até 14 anos a enviarem vídeos dando continuidade à música sobre segurança no trânsito gravada por ela, especialmente para a iniciativa. O prêmio para o vencedor é gravar um clipe com a Juliana, no Rio de Janeiro.

Em 2018, a promoção convidou as crianças a gravarem um vídeo sobre segurança no trânsito. Foram mais de 110 vídeos inscritos e 64 disputaram a preferência popular. O vídeo vencedor teve mais de 20 mil votos e a ganhadora passou um dia ao lado da youtuber.

Para concorrer este ano, as crianças deverão assistir ao vídeo da influenciadora cantando a primeira parte da música sobre segurança no trânsito. Depois, será a vez dos pequenos. Eles precisarão completar a canção, gravando um vídeo, que deve ter no máximo 2min e 30s. Na sequência, o responsável deve fazer a inscrição da criança no site da promoção, enviando o vídeo gravado. Após a análise do material enviado, estando dentro das regras previstas no regulamento, a confirmação da participação será enviada para o e-mail cadastrado. As inscrições ficarão abertas até 27/10.

Leia mais: Programa de inclusão da seguradora Líder completa um ano

Entre os dias 29/10 e 11/11, o público poderá acessar o site da campanha para votar no melhor vídeo. O dono da música mais votada será anunciado em 26/11.

A promoção é mais uma iniciativa da seguradora dentro da plataforma “Salvar Vidas”, que, em agosto, lançou o Projeto 3 Segundos e, no final de setembro, o aplicativo Modo Trânsito DPVAT. Todos esses esforços são reflexo dos números de acidentes de trânsito, que também são alarmantes na faixa etária de 0 a 17 anos. Apenas de janeiro a setembro, mais de 9 mil crianças e adolescentes foram indenizadas pelo seguro DPVAT em função de ocorrências com veículos. Deste total, cerca de 58,2% eram pedestres e quase 70,5% ficaram com algum tipo de invalidez permanente.

“Acidentes de trânsito envolvendo crianças e adolescentes ainda são uma realidade, apesar da diminuição observada nos últimos anos. As estatísticas mostram que a maioria é atingida quando está na condição de pedestre. A realidade indica, portanto, a necessidade de mais atenção dos motoristas ao limite de velocidade e o respeito aos semáforos, principalmente em áreas escolares e domiciliares. Também é importante que os pais acompanhem os filhos no momento de atravessar as ruas”, explica Arthur Froes, superintendente de Operações da empresa.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta