A qualidade de uma empresa vai além do esforço de garantir uma boa experiência entre cliente e marca, ela reside também em construir estratégias para garantir espaço em meio a um mercado com forte concorrência. É por essa razão que corporações buscam planejar e executar análises minuciosas de produtos, processos e tendências.

No franchising, é essencial que haja esse acompanhamento, pois a qualidade da oferta e de serviço das unidades definem se uma rede irá crescer e se destacar. É por isso que há seis anos a Seguralta Corretora de Seguros implementou reuniões regionais com seus franqueados e diretores, visando garantir uma relação próxima e produtiva com eles.

“Uma vez ao ano toda a diretoria se reúne e decide qual região do país será visitada. Essas reuniões são dividas de duas formas: as ‘Reuniões Regionais’, que contam com aproximadamente 50 a 100 franqueados, e as ‘Meetups’, que recebem em média 10 a 20 franqueados”, conta Nilton Dias, diretor comercial da empresa.

Leia mais: Seguralta cria seguro auto sob demanda

A empresa valoriza essas reuniões devido ao diálogo e networking proporcionado, além das atualizações de mercado e tecnologia compartilhadas. Dias acredita que é preciso todos estarem alinhados com as estratégias da empresa e comenta que os encontros melhoram os resultados, consequentemente, as vendas também.

A história da rede começou quando os irmãos Gustavo e Reinaldo Zanon olharam para a antiga corretora da família, que estava acumulando dívidas, e a transformaram em uma rede de franquias, na qual apenas no último ano teve uma produção de cerca de R$ 400 milhões.

Atualmente a Seguralta possui 1300 franquias e abre cerca de 100 unidades por semestre, um crescimento acima da média se comparado às outras redes brasileiras. “O crescimento da rede é resultado de um trabalho de expansão sólido”, ressalta Reinaldo, CEO da empresa.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta