Um novo sistema para regulação de sinistro adotado pela Zurich tem ajudado a reduzir o prazo total para o reparo de veículos. Esse  é um dos motivos de grande preocupação de clientes de seguro auto, já que ninguém quer ficar tanto tempo aguardando o conserto e a entrega do carro.

Para diminuir esse período de espera, a seguradora passou a disponibilizar a vistoria mobile, 100% digital, feita a partir de fotos enviadas pelo próprio segurado.

Como funciona? Logo após o aviso de sinistro, quando o cliente se envolve em um acidente e comunica a seguradora, ele recebe um link em seu celular para o envio das fotos. Neste link, o cliente conta também com orientações de quais fotos são necessárias, de acordo com a avaria no veículo. “Dependendo da situação, a empresa vai pedir imagens do painel, lateral, frente e se possível do local da ocorrência. Com a colaboração do segurado enviando as fotos certas possibilita-nos entender a dinâmica do ocorrido e propicia maior agilidade na regulação do sinistro”, explica José Carlos Silva, diretor de Operações de Sinistros da seguradora.

Leia mais: Zurich anuncia compromisso global para proteção de dados

Após o envio das fotos, um técnico da empresa ficará responsável pela análise e aprovação do sinistro em até três horas. Com a autorização, o cliente já pode encaminhar o automóvel para a oficina. “Um processo de vistoria física, que poderia levar até cinco dias, agora pode ser feito de maneira totalmente digital no mesmo dia. Com isso, reduzimos o prazo total entre sinistro e a entrega do carro em dez dias”, afirma o executivo.

Segundo o diretor, está em desenvolvimento ainda um projeto para ampliar a digitalização de todo processo, incluindo escolha de oficinas e aviso de guincho, o que deve reduzir mais este prazo. “Nosso objetivo é que a interação seja toda digital, simples e descomplicada para que nossos clientes tenham o atendimento e serviço no menor tempo”.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta