A transformação digital já entrega avanços nos mais diversos segmentos do mercado mundial. Junto a ela, a inovação tecnológica tem transformado a forma do ser humano interagir com o mundo ao seu redor. Contudo, com a constante evolução das ferramentas existentes e a criação de novas tecnologias, a sociedade enfrenta dificuldades em estar atualizado sobre tudo o que acontece no mercado global de seguros automotivos.

Por isso, é necessário entender o que já existe quando o assunto é inovação disruptiva e as possibilidades, antes inimagináveis, que a internet já entrega e ainda tem a oferecer em um futuro próximo.

Atualmente, quando se compra um carro novo é comum ele vir acompanhado pelo conceito de Internet das Coisas (em inglês Internet of Things ou IoT). Dessa forma, o veículo está conectado a uma série de serviços e vantagens que entregam benefícios para os motoristas, passageiros, pedestres, fabricantes e para a sociedade como um todo.

Saiba mais: Internet das Coisas mudará o seguro de automóvel

Com a oportunidade de obter e explorar tantas informações com a loT, o mercado entrou em um período de novas oportunidades para o seguro auto. A transformação digital trouxe ferramentas para a população capazes de conectar os automóveis com tudo o que acontece à sua volta em tempo real.

Novos modelos de sensores identificam fatores como velocidade, distância, condições do itinerário, tempo de direção e muitos outros. A autenticação multifatorial é um exemplo de inovação disruptiva para potencializar a prevenção de roubos. Afinal, essa ferramenta permite autenticar um usuário por meio de informações coletadas sobre o motorista do veículo, como reconhecimento facial e de voz.

Os mesmos sensores que fazem o reconhecimento facial ou de outras características dos condutores de um carro permitem captar uma infinidade de informações fundamentais. A inovação tecnológica desenvolvida com a loT ainda torna possível a personalização automática a partir do reconhecimento multifatorial.

Isso nos mostra o quanto a loT é essencial para estimular melhores práticas no comportamento das pessoas no trânsito. Explorar as novas tecnologias vai além de ser um diferencial para as seguradoras desenvolverem o relacionamento com os clientes. É uma maneira de difundir um trânsito mais seguro no dia a dia.

Veja mais dados sobre o tema no site da GR1D Insurance.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta