(FOTO: Divulgação) CVG-RJ

Tomou posse a nova diretoria do CVG-RJ, sob o comando de Octávio Colbert Perissé, que já foi presidente por dois mandatos consecutivos, de 2005 a 2009. Na vice-presidência está Enio Miraglia, que também presidiu a entidade por dois mandatos. À frente da diretoria de seguros, Edson Calheiros, e para ocupar a diretoria social, Wellington Costa. A diretoria financeira ficará sob o comando de Gilberto Villela. O novo presidente do conselho consultivo será Danilo Sobreira, ex-presidente da entidade em dois mandatos. O mandato será exercido pelo biênio 2019/2021.

Conselho & Comissão – Os nomes para o conselho consultivo e das empresas que irão compor a comissão fiscal já estão fechados. São eles: Danilo Sobreira (presidente do conselho consultivo) e Lucio Marques (secretário executivo). A comissão fiscal será composta pelas empresas: SulAmérica, Bradesco, Tokio Marine, Amil e Icatu.

Leia mais: Aniversário do CVG-RJ debate sobre reforma da previdência

Até o momento, já estão confirmados os seguintes diretores adjuntos: Paulo Galindo, Rogério Soucasaux, Sonia Marra e Vinicius Brandão.

Metas – A plataforma que elegeu a diretoria da entidade dá uma ideia do que os associados, beneméritas e os profissionais do mercado podem esperar do novo ciclo que terá início nesta gestão.

Entre as metas já traçadas, destacam-se: excelência na área administrativa; informatização das fichas de sócios por categoria; digitalização dos documentos; novo formato da revista da instituição, com pautas técnicas e periodicidade correta; melhor relacionamento com o mercado, beneméritas e entidades; adesão de novas beneméritas; cursos técnicos, palestras e workshops, visando ao ensino e aprimoramento profissional; almoços-homenagem com palestras motivacionais de ícones do mercado; e atualização do regimento interno da entidade.

“É, com certeza, uma responsabilidade enorme estar assumindo um Clube com 53 anos de existência e tradição. Pretendemos diversificar a programação de cursos e eventos técnicos, que serão o foco principal da nossa gestão. A ideia é reassumir o protagonismo que o CVG-RJ sempre teve junto aos segmentos de pessoas e benefícios. Para isso, contamos com o apoio das nossas 28 beneméritas e cerca de 1.200 associados, que serão consultados sobre a agenda a ser desenvolvida, de acordo com suas necessidades de treinamento”, afirmou o novo presidente.

Entusiasmado com as perspectivas da entidade, Perissé afirmou que “reuniu uma diretoria de profissionais comprometidos com o mercado de seguros, inteirados da importante missão que terão pela frente”. “Fundamental também será o apoio, a sabedoria e a experiência dos conselheiros para mantermos firmeza na condução dos destinos da entidade”, declarou. E concluiu: “As portas do CVG-RJ estarão sempre abertas para receber sugestões e demandas do mercado, especialmente na área de cursos, que é a linha principal da entidade e que já preparou e revelou profissionais que hoje atuam no setor”.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta