A MDS Brasil anuncia a aquisição da Process, empresa especializada em P&C e Garantias. A compra é mais uma etapa da estratégia de negócios que busca expandir o já consolidado portfólio de serviços oferecido pela companhia luso-brasileira. “A aquisição da Process reforça o investimento do grupo no Brasil, fortalece a nossa oferta de soluções para Riscos Empresariais e amplia a nossa carteira com novos clientes, que passam a contar com todos os produtos e serviços que oferecemos”, afirma Ariel Couto, CEO da MDS Brasil.

Com aproximadamente R$ 2 bilhões em prêmios sob sua gestão, corretora ampliou sua presença no mercado. Em março deste ano, a empresa adquiriu a Ben’s, consultoria brasileira referência na gestão de benefícios corporativos, com mais de R$ 250 milhões em prêmios emitidos.

Por meio desta nova compra, a companhia reforça a representatividade dos seguros empresariais em seu portfólio, que conta atualmente com diversas modalidades voltadas a riscos. “Tenho certeza que a chegada da Process trará benefícios que vão muito além das questões de carteira e diversificação de produtos. Integraremos também boas práticas, conhecimento e, principalmente, o talento e especialização de ambas as equipes”, diz Thiago Tristão, vice-presidente de Riscos Corporativos e Resseguros da MDS Brasil.

Leia mais sobre:MDS Brasil anuncia Paulo Loureiro como diretor de Filiais

A Process é conhecida por sua expertise em seguros para Pessoa Jurídica e já contabiliza uma base superior a 120 clientes de médio e grande porte em sua carteira. A empresa se tornou 10 vezes maior nos últimos cinco anos e, atualmente, acumula R$ 175 milhões em prêmios emitidos. “Integrar o time foi a melhor escolha para a Process.

Os sócios Marcus Schmitt e Carlos Rosolen também respondem pela empresa. “Esse novo passo foi decidido em comum acordo. Estamos igualmente convictos de que a nova união trará muita sinergia e elevará o grau de eficiência de ambas as companhias ao máximo, tanto em termos financeiros quanto em relação à expansão no mercado”, finaliza.

G.R
Revista Apólice

Deixe uma resposta