O programa de aceleração do Darwin Startups está com inscrições abertas até o dia 16 de junho para seu sétimo ciclo de aceleração. O programa é aberto para inscrições de startups de todo o Brasil e disponibiliza a possibilidade de aceleração em Florianópolis ou São Paulo. O objetivo do programa, que já acelerou mais de 45 empresas, é oferecer recursos e oportunidades para startups nas áreas de seguros, fintech, telecom e big data, segmentos no qual a aceleradora tem maior acesso, em conjunto com seus parceiros corporativos: B3, Neoway, RTM, TransUnion e Grupo J. Safra. Os principais critérios avaliados durante o processo seletivo serão: a solução da startup (e o problema que ela resolve), a qualificação e engajamento dos empreendedores, o tamanho do mercado alvo da solução oferecida, e o nível de maturidade do negócio. As inscrições podem ser feitas no site.

Na sétima turma, o programa de aceleração do Darwin irá oferecer às startups selecionadas investimento inicial de R$ 200 mil, em troca de participação minoritária de 7% na empresa. Este valor pode ser ampliado após o período de aceleração, caso haja necessidade de mais capital pela startup. Somando todos os investimentos realizados em 2019 por Darwin e investidores, o valor total será de R$ 10M. Além do aporte financeiro e acompanhamento próximo por parte do Darwin e de seus parceiros corporativos, as startups selecionadas passarão por um período de aceleração com quatro meses de duração, com início em agosto, em que receberão mentorias, conexões, acesso ao mercado, além de todo o suporte necessário — como jurídico, contábil e psicológico — para acelerar seu crescimento.

As empresas selecionadas terão acesso também a espaços de coworking (CUBO em São Paulo e ACATE em Florianópolis), apoio estratégico e mentoria de grandes empreendedores do network da aceleradora e ferramentas para alavancar seu desenvolvimento. No total, os serviços oferecidos podem chegar a R$ 500 mil em benefícios, incluindo o acesso a Cloud Service, CRMs e ferramentas de Marketing Digital. Para Marcos Mueller, CEO do Darwin Startups, a mudança requerida no investimento e na participação é chave para o desenvolvimento das startups. “Na maioria dos casos, os empreendedores não sabem de quanto dinheiro vão precisar. Aumentando o aporte inicial e flexibilizando nossa participação, facilitamos as próximas captações das empresas aceleradas. Além disso, estamos trabalhando com uma modalidade de capital as a service, onde o empreendedor pode optar por interromper o aporte, caso entenda que não é mais necessário. Nosso intuito é garantir que a falta de dinheiro não seja um obstáculo para o crescimento de bons empreendedores”, explica Mueller.

A aceleração do Darwin foi uma grande virada de chave para a CustomerX, startup acelerada no quinto ciclo. “Conseguimos em poucos meses estruturar operação de vendas, CS, fazer um planejamento financeiro bem estruturado e nos preparar para o mercado sem surpresas. Alinhamos nossa estratégia a tal ponto que alcançamos o break even 6 meses após a aceleração. As mentorias, treinamentos, workshops e o networking colaboraram para que nossos resultados fossem multiplicados inúmeras vezes acima das expectativas”, afirma Leonardo Superti, CEO da CustomerX.

De acordo com Bruno Koerich, da License, outra startup participante do quinto ciclo, participar do processo de aceleração da Darwin foi uma enorme oportunidade para a empresa. “Além do investimento financeiro, tivemos acesso à ferramentas, mentorias, excelentes práticas de mercado que permitiram que pudéssemos ampliar nossa equipe, investir em novas tecnologias e ampliar nossa carteira de clientes. A Darwin enxergou no mercado de licenciamento de marcas e produtos um enorme potencial de crescimento e somos muito gratos por termos sido selecionados pela melhor aceleradora do Brasil. Costumo sempre mencionar que, muito mais que a aceleração, a Darwin proporcionou um olhar para os empreendedores, procurando ajudar em todas as questões relacionadas à empresa e ao empreendedor em si. O foco da aceleradora é fazer o melhor para o empreendedor e tudo que acontecer depois disso será consequência do suporte que foi dado. Atualmente, com essa agressividade mercadológica, não são todos que estão dispostos a fazer esse tipo de investimento nas pessoas e esse é o grande diferencial da aceleradora”, comenta Bruno.

Para Juliano Izaguirre, cofundador da NextCode, a participação da empresa no quinto ciclo de aceleração do Darwin Startups foi essencial para a evolução consistente do negócio. “Por meio do programa de aceleração do Darwin, ampliamos nossa equipe, triplicamos nosso faturamento e concretizamos parcerias estratégicas, principalmente com Neoway, RTM e TransUnion. Em contato com profissionais renomados de mercado, imersos no ecossistema de inovação e tendo apoio constante do time Darwin, definitivamente nos preparamos e estamos prontos para fazer a diferença”, comenta Juliano. Já Cecília Brandão, gerente de operações na startup acelerada no quarto ciclo do Darwin, Reviewr, traz alguns números com relação a faturamento e crescimento após a aceleração. “O Darwin nos preparou para crescer de forma rápida e consistente. Nós evoluímos como profissionais e isso alavancou a empresa em 750% em 2018.  Hoje, estamos prontos para crescer mais 500% em 2019 e superar os 2 milhões de faturamento anual”, aponta Cecília.

Serviço:

O que: Programa de aceleração Darwin Startups

Inscrições: de 20/05 a 16/06 pelo site www.darwinstartups.com

Período da aceleração: 05/08 a 30/11


K.L.
Revista Apólice


Deixe uma resposta