O mercado de seguros projeta um cenário de estabilidade na economia brasileira nos próximos meses. É o que aponta a edição de maio do ICSS, pesquisa mensal realizada pela Fenacor para medir o “humor” predominante no setor.

Segundo o estudo, 52% dos corretores de seguros e 48% dos seguradores entrevistados acreditam que não haverá crescimento nem agravamento do quadro econômico atual.

Leia mais: ICSS: Mercado continua otimista

Os corretores de seguros estão um pouco mais otimistas: 29% esperam um cenário “melhor” e 5% “muito melhor”. Entre os seguradores, 18% projetam um quadro “melhor”, mas ninguém apontou a opção “muito melhor”.

Há ainda 34% de seguradores que temem uma piora na economia, alternativa escolhida também por 14% dos corretores entrevistados.

Segundo o coordenador da pesquisa, Francisco Galiza, as empresas estão na dúvida se teremos um futuro mais otimista ou mais pessimista. “Os indicadores de confiança vêm diminuindo desde o início do ano, de um patamar de 130 pontos para os 100 pontos de agora”, ressaltou.

PESQUISA: O ICSS é o resultado de três variáveis: ICES (Índice de Confiança e Expectativas das Seguradoras), ICER (Índice de Confiança e Expectativas das Resseguradoras) e ICGC (Índice de Confiança das Grandes Corretoras).

Todo final de mês, são enviadas perguntas simples, de múltipla escolha, em que as empresas dizem sobre o que esperam que aconteça nos próximos seis meses, com relação a algumas variáveis relevantes do setor.

Ao todo, aproximadamente 100 executivos de corretoras, seguradoras e resseguradoras são entrevistados em cada oportunidade.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta