ATUALIZADO EM 05/04/2019, ÀS 13H37

Sudeste – A 8ª Edição do Encontro de Resseguro do Rio de Janeiro será mais uma oportunidade para o segmento ressegurador realizar discussões técnicas, políticas e econômicas.

Realizado desde 2011 pela Fenaber, com o apoio institucional da CNseg e da Escola Nacional de Seguros (ENS), o encontro oferece diversos momentos para que os executivos que atuam no mercado de resseguros façam networking interagindo e discutindo sobre negócios.

Durante os dois dias do Encontro, 8 e 9 de abril, serão discutidos os mais diversos temas em painéis com a participação de especialistas de entidades públicas e privadas.

JLT

Fenômenos naturais como terremos, furacões e tsunamis não são os únicos que podem ser incluídos numa proteção para eventos catastróficos. Segundo o vice-presidente de contratos da JLT Resseguros, Pedro Farme d’Amoed, atos terroristas e crises financeiras também podem estar assegurados neste tipo de cobertura. O executivo abordará as formas de proteção para catástrofes durante o Encontro.

O executivo vai explicar como funciona a proteção em casos de atos terroristas e o que ela garante ao segurado. Outro assunto que será tratado é a contratação de seguros por governos, algo ainda pouco adotado no Brasil, mas comum em outros países latino-americanos como Colômbia, Chile, Peru, México e Jamaica.

“O seguro permite que o bem público afetado por um evento catastrófico seja reposto rapidamente, pois não precisa de licitação, e de forma transparente. Além disso, a cobertura também funciona como uma proteção ao orçamento público, já que o governo não precisaria recorrer a uma despesa muito alta de maneira inesperada”, afirma Pedro Farme.

Swiss Re

A Swiss Re participará de dois painéis técnicos: ‘Proposta de cobertura para eventos catastróficos’ e ‘Como o resseguro pode ajudar a resolver a lacuna de proteção?’. “Esta edição do encontro será ainda mais importante, pois o CEO global de resseguros da Swiss Re, Moses Ojeisekhoba, virá especialmente ao Brasil para participar do evento”, destaca Mathias Jungen, CEO da empresa no Brasil e Cone Sul.

Para o diretor Financeiro e de Operações, Fred Knapp, “o encontro oferece uma oportunidade única para discutirmos as novidades e as tendências que devem dominar o mercado ressegurador brasileiro nos próximos anos”.

Nesta oitava edição, a Swiss Re participará como patrocinadora Ouro e terá um estande dentro do espaço de relacionamento, local em que receberá o público interessado em conhecer mais sobre as soluções que a companhia oferece. “Queremos que nossos clientes e colegas de mercado visitem nosso espaço para conhecer nossas mais recentes soluções para os mais diversos segmentos do mercado segurador e, claro, apreciem um bom cafezinho com nossa equipe”, complementa Mathias Jungen.

Argo Seguros

A Argo Seguros também estará presente no Encontro. Gustavo Galrão, head of Distribution, Commercial and Consumer Lines, representará a companhia. Ele será o debatedor do painel “Cyber Risk e a lei de proteção de dados”.

“Fico muito feliz com esse convite, já que o Encontro é muito importante e faz parte da agenda internacional de eventos do nosso setor. Esse é um assunto que a cada dia ganha mais relevância porque todos nós estamos conectados de alguma forma através da tecnologia. Se existe um seguro que vai crescer muito nos próximos anos, certamente será nessa área”, avalia Galrão.

M.S.
Revista Apólice

Deixe uma resposta