O ano de 2018 foi positivo para o setor de seguros, constatou a Unicred Central Multirregional – central de cooperativas de crédito. Modalidades de proteção voltadas para cuidados pessoais como seguro de vida, doenças graves e acidentes pessoais giraram um montante de R$ 38 bilhões. Uma alta de 10% em relação a 2017, segundo dados da Susep. Ao que tudo indica, esse mercado tende a crescer e 2019 é um ano promissor. De acordo com a CNSeg, estima-se que esse setor cresça 8,4% este ano.

Dentro deste cenário, a unidade lançou a própria corretora de seguros. Atualmente são cinco modalidades de proteção: Vida; Vida Master; Doenças Graves; Renda e Empresa. “Buscamos sempre levar mais conforto e tranquilidade aos nossos cooperados. A corretora de seguros chega para agregar e suprir uma demanda, além de nos tornamos mais competitivos”, destaca a superintendente da cooperativa, Ana Carolina Ramos.

N.F.
Revista Apólice

Deixe uma resposta