Em um período marcado pelo ganho de eficiência operacional e por investimentos em tecnologia e inovação com foco na satisfação do cliente, a Seguros Unimed encerrou 2018 com desempenho positivo. A Companhia registrou lucro líquido de R$146,3 milhões, com crescimento de 17,8% sobre o obtido em 2017. O desempenho está ancorado, especialmente, no resultado operacional do período, que cresceu 49,1%, fechando em R$170,7 milhões, mesmo em meio a um cenário marcado pela retomada tímida da economia do País. Já o retorno entregue aos acionistas (cooperativas, médicos cooperados e colaboradores do Sistema Unimed) foi de 13,61% no período. Esse patamar equivale a 212,68% da taxa Selic média do 2018 (6,40%).

O faturamento consolidado da seguradora alcançou a marca de R$3,26 bilhões, uma alta de 11,5%. A sinistralidade consolidada encerrou o ano em 73,5%, abaixo do índice registrado em 2017 (74,2%). Entre as iniciativas que contribuíram para conter o sinistro, principalmente no segmento de saúde, estão a criação do Programa de Eficiência Assistencial, que aplica ferramentas de business analytics para identificar oportunidades de aprimoramento na gestão. Dentre os benefícios já conquistados estão a melhoria de processos, ajustes nos sistemas de informação para garantir a aplicação das regras de negócio, novos modelos de compra e negociações com a rede assistencial. Na área digital, a companhia investiu em aplicativos e chatbots para engajar grupos de pacientes no manejo de situações específicas, como a gravidez, o controle do peso e de condições crônicas. Há, ainda, iniciativas focadas na coordenação do cuidado, que garantem melhor assistência ao paciente e maior racionalidade, como a Linha de Cuidados Oncológicos, iniciativas para estimular o parto adequado, e o lançamento do Programa de Atenção Primária à Saúde que já alcança 12 mil segurados.

No ano, a empresa obteve a certificação ISO 9001 e a acreditação, no nível ouro, no Programa de Acreditação de Operadoras da Agência Nacional de Saúde Suplementar (RN 277).

“Encerramos mais um ciclo com importantes transformações e conquistas. Seguimos em 2019 com a meta de crescer de forma continuada acima do mercado”, destacou o diretor-presidente da empresa, Helton Freitas. Ainda segundo ele, “a experiência de 30 anos e nossos resultados consistentes nos credibilizam para metas desafiadoras como essa”.

Novos negócios

A partir de 2019, a companhia passa a atuar em um novo negócio: a gestão de recursos financeiros, com a criação de uma asset manager. Entre os diferenciais da InvestCoop Asset Management – especialista na prestação de serviços ao Sistema Unimed e ao mercado cooperativo – está um portfólio amplo de investimentos. Outro atributo é o respaldo da seguradora, que já administra uma carteira proprietária de R$3,8 bilhões em ativos e se destacou nos principais rankings da imprensa de negócios em quesitos como governança corporativa e sustentabilidade financeira.

A InvestCoop está em fase de credenciamento junto aos órgãos reguladores e autorreguladores da atividade de administração de carteira de valores mobiliários. As atividades de gestão serão iniciadas após a obtenção das autorizações necessárias.

Fundos de previdência

A seguradora ultrapassou a marca de R$ 2,2 bilhões em reservas nos seus planos de previdência complementar, no último ano. O valor se refere ao patrimônio consolidado dos planos de previdência aberta e do Multicoop Fundo de Pensão Multipatrocinado, sob gestão da empresa, que já soma R$1 bilhão em investimentos.

Ramo odontológico cresce acima da média do mercado

A Unimed Odonto registrou 294,7% de crescimento no lucro líquido no último ano. Além disso, aumentou a carteira de clientes em 20,5% nos doze meses encerrados em novembro de 2018, contra 6,9% do mercado, segundo dados do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS). Atualmente, são mais de 416 mil vidas.

Vida e Responsabilidade Civil se destacam

Os negócios da seguradora nos Ramos Elementares e no segmento Vida também apresentaram crescimento de 37% e 7,5%, respectivamente. Destaque para a comercialização do Seguro de Renda por Incapacidade Temporária (Serit), voltado para profissionais autônomos e liberais que tenham que se afastar do trabalho em caso de doença ou acidentes; e para o seguro de Responsabilidade Civil Profissional, que fortalece as boas práticas de segurança do paciente.

M.S.
Revista Apólice

Deixe uma resposta