Diante das incertezas que rondam a aprovação da reforma da previdência, é de se esperar que muitas pessoas comecem a pensar em um plano previdenciário como alternativa de remuneração futura. Mas o que significa esse tipo de aplicação? No dicionário, previdência significa a habilidade de prever o futuro.

Em geral, quanto antes se começa a pensar nisso, melhor é o resultado. Enquanto os mais jovens têm o tempo ao seu favor, quem já tem mais idade tem a vantagem de ter mais poder aquisitivo e uma visão de mundo mais tranquila e paciente, o que é sempre favorável quando se fala em investimentos.

Helen Vogt

Estamos muito acostumados a ouvir o termo previdência se referindo à área pública. Seguridade Social: trata-se de um conjunto de medidas públicas que tentam garantir o poder de compra da população mesmo quando ela não pode mais contribuir socialmente com o seu próprio trabalho.

Apesar do objetivo, sabemos que a previdência pública é em muitos aspectos minimamente questionável e que os valores pagos pela aposentadoria pública mal garantem a subsistência de quem se aposenta. Quem não criar o seu próprio plano, com uma aposentadoria complementar, está fadado a ter seus anos de velhice com dificuldades financeiras.

Os dois tipos mais conhecidos no mercado: o PGBL e o VGBL. O primeiro é mais indicado para aqueles que fazem a declaração do IRPF completo. Com ele, poderá ser feita a dedução de até 12% da base tributável e paga-se menos imposto a curto prazo. O segundo é mais indicado para quem pensa no longo prazo já que ao final do plano existe a necessidade de pagamento de IRPF sobre o valor auferido, diferente do PGBL, que paga o imposto sobre o montante total investido. Em geral, a diferença entre as duas é a tributação.

Uma previdência privada é, sim, um investimento e deve ser encarada como tal. O ideal é nunca esquecer de que se trata de um dinheiro que você está guardando com a expectativa de que ele tenha bons rendimentos e que será resgatado no futuro.

Sobre a autora

Helen Vogt, líder da área de Previdência da Messem Investimentos

Deixe uma resposta