14/08/2022

Os desafios da comercialização de planos de saúde

Sudeste – O Brasil tem hoje menos de 50 milhões de pessoas cobertas pelos planos de saúde. “Há um universo de oportunidades para quem atua no segmento, mas é preciso especialização e constante capacitação dos profissionais do setor para atender os clientes com qualidade”, afirmou o presidente da Ascor-MG, André Beraldo, durante evento promovido pela entidade, em Belo Horizonte.

A Ascor-MG reuniu corretores, associados, beneméritas e executivos do segmento para debater os “Desafios da comercialização de planos de saúde no mercado brasileiro”. O consultor e especialista em vendas, Eduardo Madeira, foi o palestrante do evento.

“Quem adquire um plano de saúde está em busca de quê?”, perguntou Madeira à plateia. A resposta correta, segundo ele, é atendimento. “Mais do que proteção, bom preço e segurança, quem compra um plano de saúde quer ser bem atendido. O consumidor está mais exigente, o que demanda uma nova postura por parte dos corretores”, frisou.

Madeira também citou o atendimento consultivo como diferencial no processo de vendas. “Devemos melhorar nossa percepção do cliente, para atrair sua atenção já nos primeiros segundos do contato. Venda hoje é relacionamento. Precisamos ser consultivos e entender o que é decisivo e importante para o cliente”, argumentou.

Após a palestra, o presidente, os representantes das empresas beneméritas e o consultor da entidade, Mauricio Tadeu Barros Morais, participaram de mesa-redonda sobre o tema e também responderam às perguntas do público.

Nova benemérita

A Saude Sistema é a nova benemérita da Associação. A operadora recebeu a placa de adesão durante o evento. Atualmente, dez empresas integram o quadro de mantenedoras da Ascor-MG, são elas: Affiance Life Benefícios, Affix Administradora de Benefícios, GoodLife Saúde, MedGold Saúde, MedSênior, Premium Saúde, Promed Assistência Médica, SAUDE Sistema, Vallor Administradora de Benefícios e Vivamed Saúde.

M.S.
Revista Apólice