O primeiro mês de arrecadação do prêmio do Seguro DPVAT em 2019 contabilizou 16.772.489 bilhetes processados em todo o Brasil. O número foi 23% maior do que o de janeiro de 2018, quando a Seguradora Líder registrou 13.633.660 pagamentos. O seguro obrigatório deve ser pago, uma única vez ao ano, junto ao vencimento da cota única ou da primeira parcela do IPVA, acompanhando os calendários estaduais. A quitação é condição obrigatória para que os proprietários de veículos façam o seu licenciamento anual.

Estado com a maior frota do país e com vencimentos para diversas categorias e placas em fevereiro, São Paulo fechou o primeiro mês do ano com mais de 5,5 milhões de bilhetes processados. Os paulistas tiveram até sexta-feira (22) para quitar o seu DPVAT, seguindo as datas estipuladas pela Secretaria de Fazenda do Estado. Fevereiro também é o mês de encerramento do prazo de pagamento para diversos finais de placa e categorias em Alagoas, Mato Grosso, Pará, Piauí, Pernambuco, Santa Catarina e no Distrito Federal.

Já para estados como Ceará, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná, em que os vencimentos se encerraram em janeiro ou início de fevereiro, a Líder ressalta que é possível quitar o seguro a qualquer momento, sem a incidência de juros ou multa. No entanto, é importante ressaltar que o motorista inadimplente perde o direito à indenização em caso de acidente de trânsito, sendo ele o condutor do veículo no momento do sinistro. Todas as outras vítimas envolvidas seguem cobertas pelo DPVAT.

Todos os detalhes de como emitir a guia e efetuar o pagamento do Seguro DPVAT 2019 estão disponíveis no site.

Valores dos prêmios em 2019

M.S.
Revista Apólice

Deixe uma resposta