Henrique Mazieiro

EXCLUSIVO – A Planetun anunciou o lançamento da sua nova solução para vistoria de automóveis baseada em Inteligência Artificial. A ferramenta foi desenvolvida em parceria com a IBM e promete interagir com o usuário em tempo real e acelerar o processo de autovistoria.

“Nós já temos um aplicativo de autovistoria, mas ele ainda não conta com um dispositivo de ‘autocorreção’. A partir de agora, colocaremos uma Inteligência Artificial (IA) nesse mesmo aplicativo”, revela Henrique Mazieiro, CEO do Grupo Planetun.

A novidade é que agora o cliente será acionado pela IA caso haja algum problema com a foto tirada no processo de autovistoria. “Cerca de 30% das fotos que o segurado tira com esse aplicativo atual não são utilizadas pela seguradora, pois ele pode ter batido em um ângulo errado ou com algo na frente”, explica o CEO. “O que a interação fará é ver em tempo real como está a foto tirada. A IA vai direcioná-lo em tempo real para fazer uma nova”. O executivo explica que o sistema consegue identificar se a imagem é do motor, se está na diagonal correta, se o carro está desligado.

O sistema está sendo apresentado em fevereiro e vai para o mercado a partir de março. A empresa acredita que futuramente a ferramenta trará redução de custos às seguradoras. “A solução atual reduz em pelo menos 50% o custo operacional do cliente. Agora, com a IA, a assertividade do processo será ainda maior, pois não teremos mais a margem de 30% de retrabalho”.

De acordo com Mazieiro, a média para se fazer uma vistoria completa é de cerca de 5 dias, que está muito acima do esperado pelo cliente. “Com esse aplicativo, em 6 horas nós conseguimos disponibilizar para a seguradora as fotos para que ela faça a análise final”. Ele conta que a insurtech faz uma pré-análise e seleciona as imagens necessárias para o cliente. “Temos casos em que em 48 horas a seguradora faz a conclusão do processo. Nossa expectativa a partir de agora é que em no máximo 24 horas o cliente já tenha isso encerrado”, complementa o executivo.

A solução foi criada em um ambiente cloud justamente para que pudesse trazer boa performance e escalabilidade. “Em 2017, nós fizemos 35 mil processos de autovistoria; em 2018, pulamos para 135 mil, já abrindo inclusive para inspeção residencial e para o comércio. A expectativa para esse ano é ainda melhor”, reforça Mazieiro. “Estamos lançando para o Auto e esperamos até o próximo semestre lançar também no residencial”, esclarece.

Antifaude

Mazieiro considera o aplicativo mais seguro pois este reconhece se a foto já foi utilizada. “Temos uma preocupação com a fraude. O módulo de antifraude checa data e hora e local em que a foto foi batida”, começa. “Se acontecer algo suspeito, a seguradora é notificada de uma possível fraude”, conclui.

Kelly Lubiato e Maike Silva
Revista Apólice

Deixe uma resposta