Centro-Oeste – Como parte da programação, os mais de 15 Grupos Nacionais de Trabalho da AIDA Brasil se reunirão no XIII Congresso Brasileiro de Direito de Seguro e Previdência para discutir assuntos pertinentes ao setor de seguros.

No dia 21, discutindo a taxatividade do agravo de instrumento e a relação entre negócio processual e seguro, o GNT de Processo Civil terá a participação especial de Luiz Henrique Volpe Camargo e Alexandre Ávalo Santana.

Luiz possui mestrado e doutorado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, é advogado e Secretário do Instituto Brasileiro de Direito Processual (IBDP) para o Mato Grosso do Sul. Integrou as duas Comissões de Juristas formadas no Senado Federal e na Câmara dos Deputados para revisão do novo Código de Processo Civil.

Alexandre é Procurador-Geral do Município de Campo Grande, Advogado e Consultor Jurídico. É, também, professor da Escola Superior da Advocacia (ESA), Escola Superior da Magistratura (Esmagis), Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) e do CERS. Autor de diversos artigos e coautor de mais de 5 obras, dentre elas, “Novo CPC e o Processo Tributário”, “Novo CPC: Análise Doutrinária”, “Manual de direito processual civil” e outros.

O Congresso acontecerá entre os dias 21 e 22 de março em Campo Grande – MS, e tem como objetivo fomentar estudos, reflexões e debates sobre a dimensão jurídica dos institutos de seguro, resseguro e previdência privada, de forma a possibilitar a ampliação e divulgação de conhecimentos técnicos e jurídicos próprios dessas espécies contratuais. Para inscrições e mais informações, clique aqui.

M.S.
Revista Apólice

Deixe uma resposta