De acordo com um levantamento da TEx, o valor pago pelos motoristas para fazer um seguro caiu em todas as capitais brasileiras, de junho de 2018 para o começo de 2019.

O estudo foi realizado utilizando como base as cotações feitas via Teleport, plataforma de gestão e multicálculo da empresa, e levou em consideração mais de 2 milhões de cotações reais feitas nos últimos 60 dias.

O menor valor médio de seguro anual pago no Brasil fica no estado de Santa Catarina: R$ 2646,00. No ano passado, era de R$ 2932,00. Na Paraíba, o valor é bem parecido: R$ 2656,00. Porém, em 2018 era bem maior: R$3194,00. Na Região Nordeste, o Rio Grande do Norte também apresenta um valor mais baixo para 2019: R$ 2965,00.

O valor médio do seguro mais caro do país pertence ao estado de Roraima – R$ 6058,00. O valor ainda sofreu uma considerável queda. Entre junho e julho de 2018 chegou a R$ 8.720,00. O segundo lugar fica com o Mato Grosso: R$ 4.088,00 anuais. No ano passado, chegou a R$ 4985,00.

No Tocantins, a maior retração: R$ 6439,00 nos meses de junho e julho de 2018. Em 2019, o valor diminuiu para R$ 3740,00.

Os paulistas em 2019 pagarão menos no seguro que os cariocas. Em São Paulo, o valor médio pago entre os meses de junho e julho de 2018 chegava a R$ 3273,00. Já em Janeiro o valor é de R$ 3037,00. No Rio de Janeiro o valor caiu de R$ 4187,00 para R$ 3844,00.

Na capital federal o valor diminuiu de R$ 3563,00 para R$ 3025,00.

Impacto

Além de promover insegurança, os roubos e furtos de veículos também refletem no bolso. Os casos impactam diretamente no preço dos seguros. Diversos fatores impactam na formação do preço do seguro de cada estado. Por exemplo, o número de veículos segurados e o perfil dos modelos mais procurados. É fato que os índices de violência refletem no número de sinistros, tornando-se um dos mais importantes fatores na definição do valor médio do seguro.

Confira as médias de seguro em cada estado, de acordo com a pesquisa:

M.S.
Revista Apólice

Deixe uma resposta