O Distrito Fintech é um campus de inovação que tem o objetivo de reunir as melhores cabeças, produtos, e tecnologias para criar, testar e expor soluções de serviços financeiros que irão impactar a realidade das pessoas e empresas em um futuro próximo. A HDI Seguros, em conjunto com a KPMG, é cofundadora do projeto, que deve acelerar a adoção de inovações na companhia, em linha com o novo mote norteador de seus negócios, que privilegia os aspectos humano, digital e inovador em sua atuação.

O campus, que será inaugurado em fevereiro, conta com quatro pavimentos para abrigar a infraestrutura projetada. O local disponibiliza espaço para 260 residentes trabalharem, com 17 salas privadas, 10 salas de reunião, 8 cabines para conferência, sendo metade com capacidade para duas pessoas e a outra metade individual.

Traz ainda cafeteria e refeitório, auditório adaptável para ser um laboratório de criação de produtos ou sala design thinking, um Centro de Mobilidade com estações de aluguel de bikes e patinetes elétricos, equipado com vestiários masculino e feminino, e 10 mesas no jardim, para descanso e integração.

“Cada vez mais a inovação é sinônimo de agilidade. A HDI reconhece que o arrojo das startups, que priorizam as necessidades das pessoas em seus produtos, é fundamental neste contexto”, afirma Murilo Riedel, CEO da empresa no Brasil. “Acreditamos na construção de um mercado segurador ecossistêmico, do qual devem fazer parte, de forma sinérgica, fintechs, insurtechs e empresas de outros mercados que tenham negócios complementares”, reforça o executivo.

O Distrito Fintech ficará no bairro de Pinheiros, zona oeste da capital paulista. Localizado em um ponto estratégico da região, está próximo das estações Oscar Freire e Paulista, da linha amarela do metrô, e a cerca de 2 km das avenidas Paulista e Faria Lima.

M.S.
Revista Apólice

Deixe uma resposta