A Minuto Seguros realizou um estudo com base na lista divulgada pela Fenabrave com os carros mais vendidos no Brasil em novembro. O Onix, da Chevrolet, por 47 unidades não voltou a quebrar seu recorde histórico de vendas e ficou com 22.277 unidades emplacadas no penúltimo mês do ano. Com relação ao preço do seguro, na capital paulista, o modelo mais vendido da Chevrolet, teve queda de 8% em comparação com outubro. Já a média geral entre as cinco capitais cresceu cerca de 7%, que representa algo próximo a R$ 150.

No ano, o preço do seguro do Onix, carro mais vendido do Brasil, tem média de R$ 2.013, sendo o valor mais barato em fevereiro, quando atingiu R$1.394, e o mais caro em abril, quando bateu R$ 2.707. Já em relação às vendas, em comparação com o mesmo período do ano passado, as vendas do Onix subiram 19%, cerca de 3.600 unidades de diferença.Ainda sobre a Chevrolet, o Prisma,teve queda nas vendas, saindo de 7.716 e indo para 7.598, algo próximo a 2%. No entanto, ele permanece líder no mercado de sedans, com 64.993 unidades vendidas no ano, contra as 53.880 no Corolla, segundo sedan mais vendido do Brasil.Sobre o preço do seguro do Prisma, o valor médio em novembro para o público masculino foi de R$2.431 e para as mulheres de R$2.374, uma diferença de R$57.

Surpresa da lista

Pela primeira vez no ano, o HB20 não esteve no Top 3. Talvez por conta da queda de quase mil veículos a menos do que em outubro. Outro motivo pode ter sido a estabilidade nas vendas do Gol, que manteve um bom número de vendas em novembro, com 8.836 carros emplacados. O preço do seguro do HB20, comparativamente com o mês passado, em São Paulo, teve boa notícia e caiu cerca de R$ 100, o que representa 4,33%, no perfil masculino.A média do seguro do HB20 entre as cinco capitais é de R$ 2.720 para homens e, mais uma vez, mais barato para mulheres: algo próximo a R$ 2.200. No mês passado, a média de seguro do HB20 entre as cinco capitais era de R$ 2.593 para os homens.

Já o Gol, que pela primeira no ano atingiu a segunda posição de carro mais vendido do Brasil, e chegou às mais de 70 mil unidades vendidas no consolidado do ano. Ainda assim, distante do HB20, segundo mais vendido no ano, com mais de 96 mil unidades vendidas. No quesito preço do seguro, o Gol apresentou um valor médio entre as cinco capitais mais caro para o público masculino, comparativamente ao HB20, com um valor de R$ 2.730. Já o público feminino pagará mais barato, em comparação ao HB20, com um preço de cerca de R$2.170.

O terceiro carro mais vendido do Brasil, o Ford KA, não teve boa notícia em novembro: além de perder a segunda posição no mês para o Gol, teve uma queda de 15% nas suas vendas, em relação ao mês de outubro. Até o preço do seguro do KA ficou maior, comparativamente entre as cinco capitais: em outubro o valor médio para o público masculino era de 1.988 e em novembro, R$ 2.164. No entanto, se a análise se restringir apenas a São Paulo, o preço teve queda de mais de R$200. No entanto, no Rio, o valor teve leve aumento: saiu de R$ 2.587 e pulou para R$ 2.601.

Em 2018, o Ford KA permanece na cola no HB20, buscando ser o mais vendido do Brasil: hoje a diferença é pouca: apenas 1.760 carros. Dezembro promete ser o melhor mês de vendas no ano, principalmente por conta do 13º. A primeira posição não será tirada do Onix, que já atingiu a marca de mais de 190 mil carros comercializados em 2018. A discrepância dos mais vendidos fica nítida quando a somatória do Ford KA e do HB20 por pouco não fica atrás da somatória do Onix: são 191.262 carros emplacados entre HB20 e KA e 190.816 para o Onix, uma distância de apenas 446 carros.

O Creta, modelo com a maior média de valor de seguro da lista, com R$ 4.769 para o público masculino e de R$ 4.037 para o feminino, voltou a aparecer na lista após dois meses de hiato. À época, o valor médio do seguro entre as cinco capitais era de R$ 3.630, uma boa distância para os valores do mês de novembro. Ela é explicada, principalmente, pelo salto do valor no Rio, quando saiu de R$ 5.607 em agosto e chegou aos R$ 7.150, em novembro.

Análise do preço do seguro dos mais vendidos

O número dos 10 carros mais vendidos do Brasil teve uma pequena queda em relação a outubro. No último mês foram quase 90 mil unidades, somando todas as unidades dos 10 mais. Em novembro, o número ficou em 85.035 veículos. O preço do seguro médio desses 10 veículos, nas cinco capitais listadas, é de R$ 2.293 para as mulheres e de R$ 2.657 para os homens.

Vale citar que o preço médio do seguro mais barato, entre os mais vendidos, para o público masculino é do Kwid, com R$ 1.998. Já para as mulheres, o modelo com seguro médio mais barato também é o SUV compacto da Renault, no entanto, mais baixo: R$ 1.803.

Para realizar o estudo, a Minuto Seguros considerou como perfil um condutor homem e uma condutora mulher, de 35 anos, ambos casados. Foram avaliados os preços dos seguros em cinco capitais (São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Brasília e Goiânia).

Dentro destes perfis mencionados, o preço do seguro para o Kwidé o que apresenta a menor diferença entre as capitais cotadas para homens. O valor mais alto está no Rio de Janeiro com R$ 2.327e o menor em Goiânia, por R$ 1.901, uma distância de R$ 558. No contraponto de diferença de valores, ainda citando o público masculino, o Prisma é a que possui a maior diferença entre estados: R$ 2.415. A mais alta também no Rio de Janeiro, R$ 3.938, e a menor em Goiânia, com R$ 1.523. Para os homens, São Paulo é a cidade com seguro mais barato sete dos carros. Nos seguros com valores mais altos, o Rio de Janeiro é o com valores mais altos, totalizando oito modelos. O preço médio do seguro, em São Paulo, para os 10 carros mais vendidos é de R$ 2.068, já no Rio de Janeiro, R$ 3.489.

Agora, falando no perfil feminino, o Onix é o que apresenta a menor diferença entre as capitais cotadas, com uma diferença de R$ 946, do valor mais alto, que está no Rio de Janeiro, com R$ 2.636, para o mais baixo, que está em São Paulo, com R$1.690. Falando agora sobre a maior distância de valores, o Creta ficou com a maior distância: R$4.645. A maior no Rio, com R$ 7.150 e a menor, também em São Paulo, com R$ 2.505. No âmbito do público feminino, São Paulo também é a cidade com o seguro mais barato: são seis carros. Já os valores maiores estão concentrados no Rio de Janeiro: 100% dos seguros com maior preço ficam na capital carioca. O preço médio do seguro em São Paulo, para as mulheres, ficou com R$ 1.875 e no Rio de Janeiro, R$ 3.341.

Tabelas com valores do seguro:

Feminino

Masculino

M.S.
Revista Apólice

Deixe uma resposta