A JMalucelli Seguradora, que agora passa a se chamar Junto Seguros, mudou também a sua relação com o mercado. Na nova fase, o registro de apólices em blockchain e o ambiente de relacionamento com o corretor disponível em qualquer dispositivo, com cotação de qualquer valor e modalidade, envio de documentos online, emissão 100% digital e acompanhamento online do status de todos os negócios, são as principais frentes da companhia.

100% digital

Emissão de apólices, análise de riscos, contato com corretores e transações financeiras. As principais etapas na contratação de seguro garantia por empresas de todo o Brasil recebem um update já a partir deste final de 2018 nas mãos da Junto, cujo foco é aprimorar a experiência dos parceiros e usuários.

Outra mudança aconteceu com a chegada do novo presidente, Leonardo Deeke Boguszewski, que participou das primeiras decisões sobre o tema enquanto membro de Conselho de Administração do Paraná Banco e da JMalucelli Participações em Seguros e Resseguros, agora chamada Junto Holding Brasil. Formado em Economia pela FAE Business School e com MBA com distinção pela NYU Stern School of Business, Boguszewski, que já era CEO da JMalucelli Investimentos, assumiu a liderança da Junto Seguros em setembro para conduzi-la, também em seu dia a dia, neste processo de transformação digital.

“O mercado de seguros está mudando. Podemos perceber claramente que não é uma escolha nossa. O que a gente está fazendo aqui, de nos tornarmos uma empresa digital e que faz as coisas diferente, é uma escolha que nossos clientes estão fazendo, que nossos parceiros estão fazendo. No nosso mercado, ninguém deu o passo que nós estamos dando”, afirmou Boguszewski, durante o evento de lançamento da Junto, no último dia 9.

Seguro Garantia

Foi no segmento de Seguro Garantia que a Junto, ainda como JMalucelli, destacou-se em todo o território nacional. O reconhecimento abriu caminho para uma associação com alcance internacional: em 2010, a empresa anunciou uma parceria com a Travelers, destaque mundial no segmento, que passou a deter 49,5% da companhia e abriu espaço para sua expansão na América Latina.

A credibilidade e solidez da Junto também possuem reconhecimento internacional. Todo o comprometimento com a qualidade e transparência nas transações desenvolvidas ao longo de sua história tem reflexo nas avaliações das agências de classificação de risco. A empresa possui hoje o rating internacional A- pela A.M. Best e a nota máxima em escala nacional pela Standard & Poor’s, BR AAA.

M.S.
Revista Apólice

Deixe uma resposta