10/08/2022

Setor de seguros deve aprender a lidar com a diversidade

EXCLUSIVO – No mês de dezembro será lançado o Instituto para a Diversidade e Inclusão no Setor de Seguros, uma entidade que tem como propósito aumentar a conscientização do mercado sobre o tema.

O Instituto deverá promover ações que auxiliem o setor de seguros a trabalhar melhor estes temas. Serão elaborados treinamentos e consultoria na implementação de programas internos para o desenvolvimento da diversidade, na publicação de artigos acadêmicos e outras iniciativas relevantes. O Instituto também deve se aliar a outros congêneres para potencializar as ações.

Valeria Schmitke, presidente do IDIS, afirma que o Instituto utiliza a expressão “Setor de Seguros” porque o objetivo da proposta é envolver todos os agentes do mercado, sejam eles seguradoras, provedores de serviços, corretores, resseguradoras, Escola Nacional de Seguros, operadoras de planos de saúde etc.

“Inicialmente, trabalharemos três pilares: gênero (mulher), LGBT+ e raça/etnia. Consideramos que essas são as áreas mais urgentes à qual devemos nos dedicar, mas vamos, no futuro, trabalhar os pilares de PCDs, gerações e outros”, adianta Valeria.

O primeiro passo no desenvolvimento da diversidade é a criação de conscientização sobre as ideias preconcebidas ou “vieses inconscientes”. “Começando os trabalhos neste sentido, será feito o lançamento do IDIS em São Paulo, no dia 12 de dezembro, no auditório da Escola Nacional de Seguros.

Kelly Lubiato
Revista Apólice