Crédito: divulgação

A Qualicorp, administradora de planos de saúde por adesão (para entidades de classe), perdeu na última segunda-feira (1º) quase R$ 1,4 bilhão em valor de mercado na B3. Suas ações tiveram queda de 29,37%, cotadas a R$ 11,64, praticamente o mesmo patamar de 2011, quando fez seu IPO.

A companhia informou o mercado que assinou contrato, no valor de R$ 150 milhões, para que seu fundador e presidente, José Seripieri Filho, conhecido com Júnior, não venda toda sua participação na empresa e assuma o compromisso de não criar negócios que concorram com a Qualicorp.

O contrato tem prazo de seis anos, prorrogável por mais dois. A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) vai analisar se o pagamento é indevido, porque segundo a “Lei das SA” já cabe ao CEO zelar pelos interesses da empresa que dirige.

Fonte: Valor Econômico

L.S.
Revista Apólice

Deixe uma resposta