A operação internacional da AIG decidiu descontinuar a sua linha de seguros de Responsabilidade Civil Profissional para a área da Saúde e deixará de oferecer esta modalidade de seguro em todos os países onde a opera, fora dos Estados Unidos. Trata-se de uma decisão estratégica que faz parte do processo de realinhamento dos negócios da companhia.

A suspensão é válida também para o Brasil, país em que a AIG segue atuando com mais de 40 categorias de apólices de responsabilidade civil profissional, como para advogados, contadores, corretores de seguros, cartórios entre outros.

“A AIG está continuamente avaliando sua operação, adequando-a caso a caso e estabelecendo parcerias ou promovendo aquisições, como foram os casos recentes da parceria com a Carlyle e a aquisição da Validus. O Brasil é um país estratégico para a expansão de parcerias estratégicas com parceiros de negócios para o fortalecimento da marca no mercado de grandes riscos, pequenas e médias empresas e viagem”, afirmou a seguradora, em nota.

L.S.
Revista Apólice