A “Pesquisa sobre gestão de frotas empresariais: estado atual, percepção de valor e tendências”, encomendada pelo Observatório de Veículos de Empresas (OVE) apontou o seguro como o segundo produto mais relevante oferecido pelas terceirizadoras de frotas. Com 4,6, de um total de 5, a cobertura ficou atrás apenas de assistência 24 horas, com 4,7.

Outro dado importante é que em 51,5% delas o usuário é responsável, em partes, pelos danos causados no veículo, enquanto 37,4% são responsáveis totalmente. Por outro lado, apenas 11,2% das empresas não responsabilizam os condutores.

O OVE ouviu 368 gestores de frotas de empresas de todo o Brasil entre os dias 26 de março e 13 de abril de 2018. O Observatório é uma associação sem fins lucrativos que tem por objetivo fomentar a discussão sobre temas relativos a veículos corporativos, como gestão de frota, segurança no trânsito, comportamento de condutores etc. e disseminar informações de seu conhecimento para contribuir positivamente no impacto da atividade dos mesmos à sociedade e ao meio-ambiente.

M.S.
Revista Apólice

Deixe uma resposta