No primeiro trimestre de 2018, o volume de resseguro cedido pelas seguradoras brasileiras (bruto de comissão) foi de R$ 2,71 bilhões, uma queda de 1,5% em comparação aos R$ 2,75 bilhões do mesmo período de 2017. Deste volume, R$ 1,92 bilhões (71% do total) foi colocado em resseguradoras locais, um crescimento de 3,9%.

Os dados fazem parte de uma prévia do Terra Report, relatório divulgado pela Terra Brasis Resseguros.

Entre os destaques, a companhia aponta que as resseguradoras locais também aceitaram riscos do exterior (bruto de comissão) estimados em R$ 584 milhões contra R$ 522 milhões no mesmo período do ano anterior, alta de 11,8%.

Ainda de acordo com o documento, o resseguro emitido pelas resseguradoras locais (bruto de comissão), considerando negócios domésticos e do exterior, foi de R$ 2,50 bilhões, um crescimento de 5,6% ante o período anterior.

Já a sinistralidade bruta das resseguradoras locais ficou em 41% contra 47% do mesmo período de 2017. O Combined Ratio ficou em 90%, uma melhora em comparação aos 98% apresentados no ano passado.

L.S.
Revista Apólice

Deixe uma resposta