Ao organizar qualquer tipo de solenidade, das mais simples as mais sofisticadas, é preciso ter noção de quantos detalhes devem ser pensados com o máximo de cuidado para que tudo aconteça conforme o planejado. Mesmo com visão estratégica, alguns imprevistos podem ocorrer, por mais que a equipe envolvida no projeto mantenha o controle sobre tudo, como acidentes envolvendo participantes, público ou funcionários e prestadores de serviços que estarão trabalhando no local, danos a equipamentos durante montagem ou desmontagem, explosões, incêndios, o não comparecimento de uma atração ou fornecedor e até o cancelamento em função do mau tempo.

Com objetivo de evitar contratempos que gerem prejuízos, muitas empresas apostam na contratação do seguro para eventos na hora de estruturar uma cerimônia, independente do seu formato. As coberturas inseridas na apólice são capazes de garantir tranquilidade para quem organiza e prioriza a segurança aos convidados e a equipe responsável pela ação.

De acordo com o sócio diretor da corretora Ayfa Seguros, Fauze Farhat, quem contrata os serviços de um evento para qualquer ocasião arca com as consequências dos danos causados, independente de quais sejam.

Fauze Farhat

“Qualquer acontecimento que coloque em risco uma vida ou um objeto é, por lei, responsabilidade de quem organizou. Isso precisa ficar bem claro, porque a necessidade da contratação de uma apólice para qualquer eventualidade é fundamental. Além dos prejuízos financeiros que um acidente ou imprevistos podem ocasionar, a organização terá que arcar com todos os custos de reparo e possíveis indenizações judiciais. Fora a imagem da companhia que contrata, que pode sofrer um dano e perder toda credibilidade de um trabalho que vem sendo planejado por muito tempo. É preciso refletir em relação a repercussão de pessoas que não possuem condições de arcar com auxílio imediato e eficiente em casos de acidentes, onde o seguro dá todo suporte necessário”, explica Farhat.

A corretora preparou uma relação com as principais coberturas para garantir o sucesso de um evento.

  • Danos a equipamentos durante a montagem, instalação, utilização, desmontagem e transporte;
  • Acidentes pessoais;
  • Dano, furto ou roubo a veículos de convidados ou funcionários estacionados no local do evento;
  • Subtração de valores de bilheterias;
  • Não comparecimento, atraso ou acidentes referentes ao fornecimento de comidas e bebidas;
  • Danos a edifícios e construções de terceiros;
  • Não utilização do espaço do evento;
  • Ações judiciais de danos morais;
  • Acidentes e danos causados com fogos de artifício;
  • Explosões e incêndios;
  • Cancelamento do evento devido a fenômenos climáticos;
  • Não comparecimento das atrações confirmadas para o evento.

Coberturas adicionais

Existe a possibilidade da contratação das coberturas adicionais, que são facultativas a cada uma das opções e deve ser bem estudada e avaliada antes de entrar na apólice. Com a finalidade de atender melhor os segurados, algumas corretoras também prestam consultoria para empresas especializadas em organizações de eventos, tendo conhecimento em relação às quais coberturas são necessárias, de acordo com o perfil do que será organizado.

L.S.
Revista Apólice