Não é novidade que clientes satisfeitos têm propensão a indicar serviços ou produtos para amigos. Existem muitos mercados que investem em programas de fidelidade para incentivar essa cultura. E por que não no setor de seguros? Ao enxergar uma oportunidade de tornar as indicações mais frequentes, a FBN Corretora aderiu ao Cliente Agente, uma plataforma de indicações integrada com o programa de recompensas Netpoints. Nos nove meses de piloto, a corretora vendeu 58 seguros “não esperados”, ou seja, que não entrariam no faturamento se não tivesse a solução.

O Cliente Agente é uma startup de tecnologia acelerada pela Oxigênio Aceleradora, da Porto Seguro. É uma solução para as corretoras de seguros receberem leads a custos menores e com maior taxa de conversão, se comparado a outras formas digitais como Google Adwords. “Já demos brindes e até descontos na renovação do seguro para clientes que indicaram nossa corretora. Agora, com a plataforma, fazemos isso de forma organizada e sistemática, pois temos um benefício mais tangível a oferecer, o programa de pontos. Faturamos mais de R$ 15 mil só com indicações”, conta Kleber de Paula, CEO da FBN Corretora e precursor da startup.

A ideia cresceu, saiu do piloto e hoje o Cliente Agente está disponível para qualquer corretora de seguros que busca aumentar a carteira de clientes e ao mesmo tempo estreitar o relacionamento.

Tecnologia para o corretor de seguros

No Brasil, as insurtechs  já somam 78 em operação, segundo mapeamento da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (câmara-e.net). Nenhuma delas até então era voltada para o corretor de seguros. Ao se deparar com esse cenário, Kleber buscou uma solução para inserir sua corretora na digitalização. A ideia teve uma aceitação tão forte que ganhou o apoio da Porto Seguro e, hoje, outras corretoras já aderiram ao Cliente Agente. “Temos muito ainda para evoluir quando falamos da cultura de compra de seguros pela população. As pessoas não estão prontas para comprar sozinhas, precisam de orientação. As tecnologias que tentaram tirar o corretor como mediador estão sofrendo, porque não entenderam que antes disso devemos falar de educação, levar a cultura de seguros para o dia a dia das pessoas”, comenta o executivo.

Como funciona

O corretor adquire a plataforma de indicações e convida seus clientes para ingressar. Nessa solução, o cliente faz as indicações e acompanha o status pelo computador, celular ou tablet. Se o negócio for fechado, ele recebe pontos da Netpoints e pode trocar por prêmios ou vale-compras nas redes parceiras, como Marisa, Magazine Luiza, UCI, Shell, Centauro, Mc Donald’s, Smiles, Vivo, Decolar.com entre outros. “Com o Cliente Agente, eu tenho tudo em um lugar só: uma plataforma para receber indicações e ainda um programa de pontos sem burocracia. Se eu fosse pensar em contratar separado, custaria muito mais. Ao invés de comprar um brinde, eu compro pontos e meu cliente escolhe o que ele quer de prêmio. Isso tem muito mais valor para ele e para minha marca, inclusive”, revela.

M.S.
Revista Apólice

Deixe uma resposta