O Grupo Admseg, especialista em sistemas de gestão para corretoras de seguros, completou 25 anos de história. Fundado em março de 1993 para inserir tecnologia na prestação de serviços em seguros, segmentos que estavam – e continuam – em ascensão, o Grupo sempre teve como missão a melhoria e automatização dos processos administrativos e comerciais das corretoras de seguros. “Buscamos estar sempre à frente nas integrações necessárias para que o corretor ganhe flexibilidade e agilidade, o que permite a ele vender mais, porque ganha uma gestão eficiente”, afirma o diretor e fundador da empresa, Rafael Sciancalepre.

O Grupo Admseg foi a primeiro a ler arquivos eletrônicos das seguradoras. Foi a primeira vez que o corretor viu sua produção ser consolidada automaticamente. Depois dessa etapa a empresa partiu para a automatização total dos processos administrativos, leitura eletrônica de todos os procedimentos de seguro: venda, acompanhamento de emissões, baixa e repasse de comissão, acompanhamento de sinistros, estratégias de marketing, comunicação com segurado etc.

Hoje o Admseg realiza a administração dos seguros de uma corretora desde o momento da oportunidade da venda, com ferramentas para a prospecção, à efetivação da venda, e todo o pós-venda, incluindo a regulação do sinistro e o pagamento da indenização ao segurado. “Todo o processo do seguro é feito dentro das ferramentas do Admseg”, enfatiza Sciancalepre.

A companhia possui um sistema de multicálculo com mais seguradoras integradas à base de dados e mais funções para facilitar o trabalho da corretora de seguros. Na parte administrativa, o sistema possibilita que o corretor acompanhe em tempo real o trabalho de seu departamento comercial – o que está em negociação, o que foi vendido e, com base nas vendas, a distribuição entre as companhias seguradoras e por produtores da corretora, bem como identificar a quantidade de oportunidades de vendas, efetivações, e motivos das recusas, para voltar a negociar em novo período.

Outra importante função é a ferramenta CRM, que auxilia o trabalho do corretor de seguros a oferecer novos produtos para aqueles que já são clientes. “O sistema indica quais são os clientes pessoas físicas que não têm seguro de vida, quais pessoas jurídicas não possuem seguro de vida em grupo, e com isso o profissional consegue delinear estratégias para sair da base de dados e criar canais de venda”.

Segundo o diretor, a empresa evoluiu com o mercado, assim como os corretores no início também não atuavam com informática e faziam tabela tarifária no papel. “Hoje a tecnologia é indispensável para o desenvolvimento e perenidade de uma corretora de seguros”, afirma.

M.S.
Revista Apólice