Nordeste – A Polícia Federal da Bahia cumpriu um mandado de busca e apreensão em uma empresa que vende seguros automotivos ilegalmente há seis anos, na cidade de Barreiras, localizada no oeste do estado. A operação ocorreu no dia 12 de abril.

De acordo com a PF, a empresa, que usa o nome de Associação Brasileira de Benefícios, opera sem autorização do Governo e, quando o segurado tenta acionar o seguro por algum motivo, não consegue ter acesso ao benefício, porque ele não existe.

Conforme o delegado Emerson Fonseca, da PF de Barreiras, a empresa atrai os proprietários de veículos com um preço mais baixo que o de mercado, por ser ilegal, e, em seguida, aplica o golpe.

A empresa começou a funcionar no município em 2012, e, desde o início, está sob investigação, segundo a PF. Durante a ação desta quinta-feira foram recolhidos mídias e documentos. O material será periciado e ficará sob o poder da Justiça Federal.

“Ela [empresa] não tem autorização para trabalhar com seguros, logo não assume a qualidade de seguradora. Com isso, consegue vender o produto mais em conta. As pessoas não sabem que é ilegal e são lesadas. É arriscado”, contou o delegado Emerson Fonseca.

Embora seja alvo de uma investigação policial, segundo a PF, a empresa não foi fechada.

Em nota, a Associação Brasileira de Benefícios e a empresa afirmam que as atividades realizadas são legais e regulares, e que planos de seguro não são comercializados ilegalmente. A empresa informou, ainda, que presta assistência a todos os associados.

Fonte: G1

L.S.
Revista Apólice

Deixe uma resposta