acordo

A seguradora Axa anunciou, no dia 5 de março, que comprará a americana XL Group por aproximadamente R$ 49 bilhões (US$ 15,3 bilhões). Dessa forma, a empresa se tornará a maior do segmento comercial voltada ao mercado de danos e acidentes. O faturamento combinado deve atingir aproximadamente US$ 36 bilhões.

Thomas Buberl. Créditos da imagem: Christian Hartmann/Reuters
Thomas Buberl. Créditos da imagem: Christian Hartmann/Reuters

O acordo garante que a companhia francesa será proprietária de 100% das contas da XL. A fusão foi aprovada por unanimidade pelos conselhos das duas entidades, mas ainda está sujeita à aprovação de órgãos reguladores. A expectativa é que a compra seja concluída no segundo semestre deste ano. A aquisição ainda fez com que as ações da empresa européia recuassem 10% – para 22,55 euros/ação – na Bolsa de Paris.

Todo o valor investido será pago integralmente em dinheiro. Nos termos da transação, os acionistas do grupo americano receberão US$ 57.60 por ação. Isso representa um prêmio de 33% para o preço de fechamento da companhia em 2 de março de 2018.

“Esta transação é uma oportunidade estratégica única para a AXA mudar seu perfil de negócios e permitirá que o Grupo se torne a seguradora número um de linhas comerciais de Property & Casualty, com base em prêmios brutos emitidos. A transação oferece uma significativa criação de valor a longo prazo para nossos stakeholders com maior diversificação de risco, maior potencial de remessa de caixa e perspectivas de crescimento reforçadas”, disse o CEO da AXA Thomas Burberl.

Mike McGavick (Foto: Bernews)
Mike McGavick (Foto: Bernews)

Já o CEO do XL Group, Mike Mcgavick, afirmou na nota divulgada pela AXA: “Hoje marcamos uma oportunidade incomparável para acelerar nossa estratégia com nova força e dimensão. Com toda a confiança em como posicionamos o XL Group para o futuro, é um testemunho substancial da liderança e do compromisso da AXA em manter a marca e a cultura do Grupo XL que chegamos ao alinhamento. Estamos entusiasmados com a oportunidade de construir a escala, a pegada geográfica, o portfólio de produtos e o compromisso incomparável com a inovação que a relevância no setor de seguros global exige. Na AXA, encontramos parceiros afins comprometidos com a necessidade absoluta de inovar e avançar este setor”.

M.S.
Revista Apólice

Deixe uma resposta