16/05/2022

Nordeste tem apenas 1,78% das motocicletas seguradas

motos

Nordeste – Chegou ao nordeste o seguro Thinkseg Moto para proteger o principal ativo de motociclistas, sejam motoboys, mototáxis ou aqueles que usam a máquina de duas rodas para o lazer.

A região com mais motos do que carros também é líder no financiamento de motos em todo o País. Em média, apenas 1,78% dos motocicletas da região Nordeste tem seguro para moto. A maioria dos motociclistas está desprotegida.

“ O produto vai garantir às pessoas a devolução do valor da moto roubada ou furtada. Essa proteção para o principal bem da vida dos motociclistas é uma necessidade. Eles desempenham um importante papel na economia do Nordeste. A moto, muitas vezes, com financiamento a pagar, é usada para entregas, transporte de passageiros e, nos últimos anos, cada vez mais, para deslocamentos em áreas agrícolas, substituindo até animais e outros meios de transporte”, diz o CEO, Andre Gregori.

O produto foi projetado com um preço a partir de R$ 1,90 por dia. Pode ser contratado pelo celular e também pelo site da empresa.

Motoboys e mototáxis chegam a rodar, em média, 15 horas diárias, por todos os lugares, sendo alvos fáceis para furto e roubo, segundo a Federação Interestadual das Regiões Norte e Nordeste dos Trabalhadores em Transportes de Mototaxistas e Taxistas (Fenordest).

A região Nordeste é a segunda mais representativa em número de motociclistas ativos no País. Só perde para o Sudeste. Os nove estados que compõem o (Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe) somam 7,2 milhões de motos e motonetas contra 6,5 milhões de carros, segundo dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

“Nosso objetivo é levar inovação tecnológica, na área de seguros, a uma geração que já nasce conectada e busca produtos com preço justo e contratação rápida pelo celular, seja seguro para carro, moto, celular, entre outros”, diz Gregori.

L.S.
Revista Apólice