parceria

A Accelerate, equipe interna de inovação da XL Catlin, passou a trabalhar com a Cytora, startup de Insurtech do Reino Unido que usa inteligência artificial e dados de fonte aberta para melhorar a forma como as seguradoras quantificam, selecionam e precificam o risco.

A seguradora usará a experiência da Cytora na obtenção e análise de dados de múltiplas fontes, combinando-as para criar novas perspectivas de risco. O Motor de Risco da Cytora captura a pegada online dos riscos que os clientes estão continuamente enfrentando por meio do rastreamento de dados de sites de empresas, novos artigos e conjuntos de dados governamentais, e faz o processamento usando algoritmos de inteligência artificial para prever reivindicações futuras, perfis de risco atraentes e a qualidade dos riscos. Esses insights ajudarão os atuários ao nível de carteira a identificar novos segmentos rentáveis, bem como os subscritores a melhorar a seleção de riscos e fornecer soluções de risco personalizadas para os clientes.

“Estamos experimentando uma ampla gama de tecnologias de ponta para explorar o que é possível. Mas não podemos fazer isso sozinhos. Precisamos nos associar com startups com ideias semelhantes, que podem nos ajudar a incorporar essas novas tecnologias para transformar nosso design de produtos, preços, subscrição, reclamações e engenharia de risco para benefício de nossos clientes e corretores”, explica Vincent Branch, executivo Chefe da Accelerate.

“Estamos permitindo que as seguradoras diferenciem os riscos com um nível de granularidade maior que nunca e descubram novos segmentos rentáveis em áreas onde eles têm uma experiência limitada de subscrição.

 Acreditamos que este é o futuro dos seguros e estamos satisfeitos com esta parceria”.
, afirma Richard Hartley, diretor executivo e co-fundador da Cytora.

L.S.
Revista Apólice

Deixe uma resposta